A Equipe Comenta: Liga da Justiça de Zack Snyder (2021)

 

Em 2017, o aguardado filme da Liga da Justiça fez polêmica ao mais uma vez, a Warner decepcionar os fãs do universo da DC. Entre reclamações que vão desde excesso de humor e cor, passando por ser uma produção muito corrida e sem sal, também lembra-se do fato do diretor original da saga, Zack Snyder, ter se afastado da produção depois do suicídio de sua filha. Joss Whedon dos dois primeiros Vingadores da Marvel o substitui, sem ter uma visão específica para a obra, estragando os cortes de Snyder e ainda se envolvendo em polêmicas de abuso de autoridade (algo recentemente denunciado por quem já trabalhou com ele) e racismo em cima do ator Ray Fisher (o Ciborgue). 

Depois de uma gigante comoção na internet com pedidos de uma nova edição do filme sob a tutela de Snyder, a Warner deu essa chance, liberando verba e o lançamento na sua nova plataforma de streaming, a HBO MAX, que estreia aqui no Brasil em Junho, substituindo a atual HBO GO. 

Eis que alguns membros do site vão comentar brevemente sobre a produção, no que chamamos A Equipe Comenta. Vem com a gente!


Léo Costa:

É importante ressaltar que o Snyder Cult já faz história ao trazer um filme de grande porte sendo relançado e reeditado por um grande estúdio graças ao apelo popular. Zack Snyder traz de volta sua visão em um filme bem mais sombrio, com censura maior, o dobro de tempo de duração (quatro horas), personagens mais densos e bem desenvolvidos e um final que mostra o que a saga poderia ter sido nas mãos desse cineasta. 

Ainda há exageros nas câmeras lentas, endeusamento de certos atores/personagens e nos efeitos em CGI. Mas com uma obra muito mais organizada, contada sem pressa e visionária, temos aqui algo que se aproxima mais da arte do que do puro entretenimento. E isso é algo fantástico, ainda mais depois do morno filme de 2017, que nem acho tão péssimo assim, mas que é fraco demais para um nome como o da Liga da Justiça. Com essa nova versão, quem faz justiça é o Snyder, entregando um produto sólido, e que ainda abre espaço para alertar sobre a prevenção ao suicídio, problema mais comum do que a maioria imagina e que precisa ser levado a sério, debatido, e os mecanismos de ajuda precisam ser divulgados. Por conter tudo isso na mesma obra, palmas! 

Nota: 8


Natália:

O Snyder Cut com certeza foi o sonho de qualquer fã da DC após o lançamento do fatídico Liga da Justiça. O filme com um tom mais alegre e engraçado não conquistou os fãs como era esperado e após assistir a nova versão de quatro horas, muito bem aproveitadas diga-se de passagem, é notável a diferença na qualidade e na visão de Zack Snyder. Com tons mais sombrios e cenas mais aprimoradas o filme é um deleite para quem gosta da saga. Mais completo e mais denso, como deveria ser. 

Nota: 10

Antonio Gustavo:

Primeiramente, acho importante salientar o drama pessoal que Snyder passou durante o projeto e, como de alguma forma, ainda conseguiu mixa-lo às jornadas de Ciborgue, Mulher-Maravilha, Flash e companhia. Agora, falando do filme em si, ele realmente é um presente aos fãs que passaram anos pedindo pelo corte do diretor, e com razão, já que essa versão é muito superior à original de 2017. Mas nem tudo são flores e a Liga da Justiça de Zack Snyder está longe de ser perfeita. 

Ele, de maneira correta, sequer se propõe a isso, porém há pouco que sustente o longa se não a visão pós-moderna e apocalíptica que Snyder tem dos heróis, além do que poderia ter sido o universo DC nos cinemas. Fora uma narrativa mais coesa, o que sobra são apenas cenas legais e um amontoado de exageros, seja em duração, trilha sonora, nos slow motions, por aí vai. Talvez se a maioria de suas novidades já não tivessem sido divulgadas em trailers, ou pelo próprio diretor, o filme ainda se sustentasse nelas, mas não é o que acontece. O Snyder Cut de Liga da Justiça fica no exato meio entre agradar aqueles que já gostam do trabalho do realizador e desagradar aqueles que estão cansados das repetidas batidas do mesmo.

Nota: 6



Nota média geral da equipe:




Título Original: Zack Snyder's Justice League

Direção: Zack Snyder 

Duração: 241 minutos

Elenco: Ben Affleck, Henry Cavill, Amy Adams, Gal Gadot, Ray Fisher, Jason Momoa, Ezra Miller, Willem Dafoe, Jesse Eisenberg, Jeremy Irons, Diane Lane, Connie Nielsen, J. K. Simmons, Jared Leto.

Sinopse: Após a morte de Superman, Batman e Mulher-Maravilha recrutam o Flash, Aquaman e Cyborg para formar a Liga da Justiça e proteger o mundo do Lobo da Estepe e seu exército de parademônios, que estão em busca das três Caixas Maternas.

Trailer:


E você, gostou mais dessa versão de Liga da Justiça? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário