Animais Fantásticos e a substituição de Johnny Depp após derrota em batalha judicial

 


O mundo bruxo está em apuros e a prova é a franquia de Animais Fantásticos. Parte do problema, já perceptível no primeiro filme, é decorrente de um roteiro com muitos personagens secundários sem qualquer função aparente e/ou desenvolvimento e uma estrutura, de modo geral, sem muito conteúdo que se interligue de forma atrativa ao espectador. Um ponto a ser considerado é que o processo de escrita de livros e roteiros é completamente diferente, não necessariamente sendo verdadeira a premissa que ser bem-sucedido em um te torne automaticamente virtuoso no outro.

Tratando-se dos dois filmes do mundo mágico com menor arrecadação de bilheteria doméstica, com US$74,4 mi e US$62 mi em Animais Fantásticos e Onde Habitam e Animais Fantásticos e Os Crimes de Grindelwald, respectivamente, muitos fãs atribuíram o motivo à permanência de Depp no papel do vilão Gellert Grindelwald e da posição de J.K em defendê-lo, mesmo em meio às acusações de violência doméstica sendo investigadas na época.


Em meio ao caso em pauta, o The Sun publicou um artigo, em 2018, no qual se referia a Depp como  "wife beater", ou "batedor de esposa". Desde então muitas evidências e testemunhos foram analisados, o que levou o tribunal, nesta segunda-feira (2), a determinar as publicações do The Sun como substancialmente verdadeiras e 12 das 14 alegações de Amber sobre os episódios de agressão como sustentáveis. 

Após diversas polêmicas com a autora J.K. Rowling ter seu nome diretamente ligado a discursos de transfobia e o ator Ezra Miller ter sido filmado asfixiando uma fã, a Warner Bros. provavelmente atingiu o estopim na divulgação do resultado do caso. Na sexta-feira a empresa emitiu um comunicado sobre a partida de Depp da franquia agradecendo o ator por seu trabalho com eles e aproveitando para avisar que Animais Fantásticos 3 já está sendo filmado e o papel de Grindelwald irá para outro ator. Depp também se pronunciou no Instagram agradecendo os fãs e comentou seus planos de recorrer à ação.


Muitos fãs celebraram a notícia enquanto outros se indignaram com a Warner Bros., chamando a medida de "extrema" e iniciando uma petição online pedindo seu retorno. Apesar de não parecer muito provável que Depp reprise o papel, visto que Mads Mikkelsen foi apontado como possível substituto de Depp nesta quarta-feira (11), o ator receberá o salário pelo 3º filme, mesmo sem fazer parte do elenco. Quanto à sua ex, Amber Heard, muitos comentários violentos estão sendo enviados à atriz, bem como petições para removê-la de Aquaman 2, o que já foi comentado por alguns jornalistas como um fato a ser "analisado". Para eles há a expectativa de uma mulher que se encaixe no perfil de dama indefesa para ser considerada vítima e, consequentemente, passível de compaixão. Também relembraram que a Corte teve acesso a mensagens e depoimentos que, convenientemente, foram desmentidos em tribunal; bem como uma troca de mensagens do ator com Paul Bettany em que discutiam meios de matar e agredir sexualmente Heard. Nenhuma das evidências, no entanto, teve a mesma repercussão do que qualquer acusação de Depp sobre o comportamento da ex-esposa.

Com um elenco envolvido em enredos mais dramáticos que qualquer filme da franquia até então, Animais Fantásticos, antes previsto para cinco filmes, precisa descobrir como reverter a maré de polêmicas em que foi envolvida e rápido. O terceiro filme da saga, antes com data de estreia prevista para novembro de 2021, foi adiado para o fim de 2022 e essa pode ser uma boa oportunidade para rever o que deu errado nos dois primeiros. O primeiro passo já foi dado, com Steve Kloves, roteirista de 7 dos 8 filmes da saga Harry Potter, co-roteirizando o terceiro filme com J.K. Agora só nos resta esperar pelo melhor!

E você, o que achou da saída de Johnny Depp da saga? Mads Mikkelsen seria um bom GrindelwaldO que achou dos dois primeiros filmes? O que esperar para o próximo? Deixa todos seus comentários e opiniões aí embaixo



Nenhum comentário:

Postar um comentário