Crítica: A Duquesa (2020, de Katherine Ryan)

 

Digna de maratona, A Duquesa é a nova série de comédia dramática produzida pela Netflix. Com apenas seis episódios, a novidade chegou ao catálogo no dia 11 de setembro e foi idealizada e criada pela comediante Katherine Ryan, que também assume o papel de protagonista.

Quase como uma autobiografia, Katherine Ryan interpreta Katherine (sim, ela mesma), uma mãe solteira fashionista, artista plástica, independente e sem papas na língua que ama incondicionalmente sua filha Olive (Kate Byrne), que, ao completar 10 anos, pede um inusitado presente para sua mãe: um irmão.

Katherine e sua filha Olive

A série conversa sobre assuntos sérios como exposição nas redes sociais, feminismo e amadurecimento de forma direta, com aquela pitada de humor britânico que toda série da terra da Rainha carrega. Ela tem o tom de sitcom, mostrando como Katherine lida com as situações do seu dia a dia, seu relacionamento com o ex-marido e pai de Olive, Shep (Rory Keenan), e sua relação com Olive, que às vezes parece ser a adulta da casa.

Apesar disso, a série não é para qualquer público, o exagero em certas situações e atuações podem despertar o desinteresse em quem assiste. Afinal, Katherine não é uma personagem com carisma suficiente para você se apegar, ela vive momentos interessantes, que te desperta curiosidade para continuar assistindo a série para saber onde aquela história vai dar.

Katherine e o ex-marido, Shep

O que faz sentido, se olharmos pelo lado comediante de Katherine, que já possui diversos stand-ups em que conta situações engraçadas e surreais de sua vida. A Duquesa parece uma junção de alguns desses momentos, com o ponto central sendo a vontade dela de ter outro filho. Levando isso em consideração, a atuação de Katherine é muito boa e Kate Byrne também não deixa a desejar.

A trilha sonora é outro ponto forte da série, muitas vezes a música acompanha muito bem a história, seja ela uma canção antiga ou nova. O figurino também é algo bastante expressivo, principalmente para Katherine, diz muito sobre quem ela é. Katherine Ryan também assina a direção da série e, para quem tem o olhar mais apurado, consegue perceber que é a sua primeira vez.


Assim, podemos resumir a série em: aquela que você assiste na hora do almoço, ou quando está em dúvida sobre o que assistir e já passou horas olhando catálogo, que fala sobre assuntos sérios de forma sarcástica, mas que te faz pensar sobre eles. Nada muito novo, mas com o toque de um olhar feminino que, apesar de tudo, conseguiu entregar o que queria.


Direção: Katherine Ryan

Episódios: 6

Duração: 25 min. aprox.

Elenco: Katherine Ryan, Kate Byrne, Steen Raskopoulos, Rory Keenan e outros
 
Sinopse: Em A Duquesa, Katherine (Katherine Ryan) é uma mãe solteira, fashionista e caótica que se esforça para conciliar a carreira, a criação da filha Olive (Kate Byrne) e as pressões da vida amorosa. Enquanto seu namorado pretende dar o próximo passo no relacionamento, Katherine ainda está considerando ter uma segunda criança com seu pior inimigo - Shep (Rory Keenan), o distante e problemático pai de Olive.

TRAILER:


Já conferiu essa novidade? Conta pra gente o que você achou e não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais!


Nenhum comentário:

Postar um comentário