Crítica: Cópia Fiel (2010, de Abbas Kiarostami)


A realidade e a ficção se enveredam em um complexo jogo de interpretações melodramático.