Roteiro e artes originais de Star Wars: Episódio IX



Mesmo não agradando à todos, Star Wars: A Ascenção Skywalker continua gerando assunto, isso porque semana passada vazou no Redddit uma suposta versão do roteiro do que seria o Episódio IX comandado por Colin Trevorrow. Nessa versão o filme se chamaria O Duelo de Destinos e, traria acontecimentos bem diferentes dos que vimos no cinema. 

Dentre eles, veríamos Finn e Rose indo para o templo Jedi de Coruscant, o planeta seria inclusive palco da grande batalha do filme; o fantasma de Luke Skywalker teria uma participação muito maior, conversando tanto com Rey quanto com Kylo Ren; Rey continuaria sendo filha de ninguém, mas aqui a grande revelação seria de que Kylo Ren assassinou seus pais, ela usaria um sabre duplo e, terminaria o longa treinando uma nova geração de Jedi; Kylo Ren treinaria com um ser chamado Tor Vallum para se tornar um Sith e enfrentaria o próprio Darth Vader em uma visão, como ocorreu com Luke em O Império Contra-Ataca, no fim ele e Rey se enfrentariam no planeta Mortis e antes de morrer, o vilão se redimiria. 

Após o roteiro vazar, começou a circular artes conceituais do artbook do filme, indicando que os planos originais do próprio J.J. Abrams eram bem diferentes do que vimos e, como se não basta-se, agora artes da versão de Trevorrow também começaram a aparecer.



O próprio diretor confirmou no Twitter a veracidade das mesmas.


Inicialmente Trevorrow dirigiria o nono filme da franquia, mas devido à divergências criativas e a baixa recepção por parte dos fãs para com Os Últimos Jedi, a LucasFilm anunciou em seu lugar J.J. Abrams, que dirigiu O Despertar da Força e, re-escreveu todo o roteiro do Episódio IX. Star Wars: A Ascenção Skywalker estreou nos cinemas brasileiros no dia 19 de Dezembro de 2019 e alcançou a marca de US$ 1 bilhão na bilheteria global, mas amargou com apenas 52% de aprovação da crítica no Rotten Tomatoes.











E você, o que achou do filme? Acredita que O Duelo de Destinos teria sido melhor? Deixe sua opinião nos comentários.




Antonio Gustavo

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário