Crítica: Antes de Dormir (2015, de Rowan Joffe)


Antes de Dormir, filme de 2015 de Rowan Joffe, definitivamente não pode ficar de fora da lista dos amantes de um bom filme de drama psicológico com toques de suspense e mistério. O longa é além de tudo, uma adaptação do livro de mesmo nome de Sj Watson e que já é considerado um best-seller.

O filme, que tem uma temática que poderia compará-lo a uma possível sequência de Como Se Fosse a Primeira Vez, nada tem a ver com a comédia romântica de Peter Segal.

Antes de Dormir, conta a história de Christine, uma mulher que após um acidente, passa a sofrer de amnésia, de forma que todo dia que acorda, não se lembra de nada dos últimos 20 anos e nem do dia anterior. Ao longo do filme, acompanhamos a jornada dessa personagem para tentar se lembrar a cada dia um pouco mais sobre seu passado e melhorar sua memória, fazendo um diário em vídeo para si mesma.



Além de já contar com esta trama extremamente dramática, Rowan Joffe, em seu filme, ainda nos colocou ao lado de Christine por todo o longa, de forma que ao acompanhar a protagonista ao longo de seus dias de incerteza, o mistério e suspense dá as caras na trama. Pois assim como Christine, somos apresentados ao passado da personagem e às pessoas que fizeram e ainda fazem parte da vida dela um pouco de cada vez, e constantemente em dúvida de em quem pode-se confiar ou não.

Para realizar esse longa-metragem, o diretor contou ainda com atores incríveis para dar a vida a seus personagens, como por exemplo Nicole Kidman, que interpreta nossa protagonista com maestria, além de Colin Firth, que interpreta Ben, o marido de Christine e Mark Strong, que dá vida ao psiquiatra da protagonista.

Impossível não ressaltar ainda a trama ao longo da vida de Christine, de forma que a cada momento, conseguimos adorar um personagem e suspeitar de outro, para no momento seguinte estes papéis se inverterem e ainda nos surpreendermos com um final fascinante. O suspense com certeza foi realizado com maestria e o roteiro redondo, de forma que nenhuma ponta solta fica para trás.



Com a direção de arte e de fotografia também não é diferente, com uma iluminação sombria e enquadramentos magníficos, até os momentos de profundo silêncio são artísticos, tanto para apresentar um ambiente belo em sua magnitude, quanto nos enquadramentos mais fechados e misteriosos, às cenas de violência, com efeitos especiais que convencem.



Antes de Dormir é um filme que não ficou muito conhecido no mundo cinematográfico, mas que merece a admiração do público. É para ver e se surpreender com esse jogo da mente, do amor e de mistério.


Título Original: Before I Go to Sleep

Direção: Rowan Joffe

Duração: 92 minutos

Elenco: 
Nicole KidmanColin FirthMark Strong


Sinopse: Dia após dia, Christine Lucas (Nicole Kidman) desperta sem se lembrar de absolutamente nada que aconteceu em sua vida nos últimos 20 anos. Isto acontece devido a um acidente sofrido uma década atrás, que fez com que seu cérebro não consiga reter as informações recebidas ao longo do dia. Com isso, cabe ao seu marido Ben (Colin Firth) a tarefa de relembrá-la de sua vida, através de um mural de fotos e detalhes do passado. Além disto, ela passa por uma terapia sigilosa com o dr. Nasch (Mark Strong), que procura incitá-la a ter lembranças sobre o que aconteceu. Só que, aos poucos, ela percebe que nem tudo é o que parece ser.


Trailer:
Gostou da crítica? Deixe seu like e seu comentário :)

Caroline Oliveira

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário