Filmes de Terror para maratonar no Halloween


"Bem-vinda ao meu pesadelo", "vamos jogar um jogo?", "qual seu filme de terror favorito?", "eu sei o que vocês fizeram no verão passado", "todos nós enlouquecemos às vezes", "às vezes a morte é o melhor"; "todos vão rir de você", "sete dias", "ótimo dia para um exorcismo".


Filmes de terror são marcantes, seja por suas histórias, seja por sua trilha sonora, frases famosas ou um conjunto de todos os elementos da obra. E que modo melhor de passar o Halloween do que assistindo a uma lista horripilante de filmes na companhia de uma boa pipoca? 

15. Invocação do Mal

Um casal se muda para uma nova casa com suas cinco filhas. Mudanças e filmes de terror nunca dão uma boa combinação, né? E dessa vez não é diferente, com acontecimentos estranhos que começam a assustar as crianças e principalmente a mãe, que busca ajuda profissional. Os famosos demonologistas Lorraine e Ed Warren estão decididos, de início, a não aceitar o caso, até descobrir que o que assombra a família é bem mais poderoso e maligno do que eles imaginavam.

(Disponível na Netflix)



14. Babadook

"Ba-ba-dook dook DOOK!". Uma mãe, viúva há seis anos, tem dificuldade em amar seu filho Samuel, que sonha diariamente com um terrível monstro com desejo de matá-lo. Amelia e o pequeno Sam passam a ser perseguidos, então, por um livro com um conteúdo apavorante e capaz de dar pesadelos e mexer com a mente até mesmo da pessoa mais sã.

(Disponível na Netflix)



13. As Fitas de Poughkeepsie

(AVISO: Não recomendado para pessoas sensíveis) 

Para os fãs de terror com uma pegada found footage, como A Bruxa de Blair, o longa traz essa característica de falso documentário. A polícia de Poughkeepsie, Nova Iorque, descobre seis corpos enterrados no quintal de uma casa. Já dentro da residência, descobrem mais de oitocentas fitas com crimes brutais de um serial killer. O filme foi considerado extremamente violento, principalmente por conter cenas de pessoas morrendo de verdade, e foi banido durante dez anos das telas de cinema. Só consigo imaginar os fãs de Jogos Mortais assistindo.



12. O Convite

O casal Will e Eden vivem uma tragédia ao perder o filho pequeno, fazendo com que Eden vá embora sem maiores explicações. Anos mais tarde ela volta a procurar o ex-marido, completamente diferente, e acompanhada de outro homem. Aos poucos, Will começa a suspeitar que as intenções dos dois não poderiam ser piores. Um filme não tão conhecido, que te leva a questionar tudo, inclusive o que você faria nessa mesma situação.


(Disponível na Netflix)

11. Midsommar

Após vivenciar uma tragédia pessoal, Dani parte com o namorado e um grupo de amigos para a Suécia, participar de um festival local de verão. Mas ao invés das tranquilas férias com as quais sonharam, o grupo acaba se deparando com bizarros rituais de uma adoração pagã. Em certos aspectos lembra o longa de 1973, O Homem de Palha, além de conseguir transmitir o medo mesmo com uma direção de arte de cores mais vivas. 



10. Eli

Para quem já está com saudade de Sadie Sink, de Stranger Things, e mal vê a hora de estrear a quarta temporada, talvez Eli ajude a segurar as pontas até lá. Provando que não é só de romances adolescentes que os filmes da Netflix são feitos, Eli é a história de um garoto com uma rara doença auto-imune que vai com os pais para uma enorme mansão para se tratar com uma médica que seria sua última esperança. Mas o que acontece quando ele passa a ter alucinações reais demais dando dicas de que a casa não é exatamente o que ele pensa?

(Disponível na Netflix)



9. A Morte Convida para Dançar

Donna passa pela traumática experiência de ver seu obcecado professor matar sua família. Três anos mais tarde, animada com o baile de formatura e a chance de comemorar suas vitórias, apesar de toda a dor, a última coisa que ela espera é o psicótico professor fugir do hospital psiquiátrico no qual se encontra para ir em busca dela.



8. Halloween

É impossível falar em Halloween e terror sem este clássico, que conta a história de Michael Myers, um garotinho de seis anos que mata a própria irmã a facadas, o que o leva a passar quinze anos em um hospital psiquiátrico. Após conseguir fugir, ele parte rumo à cidade natal para continuar seus crimes. 



7. Eu Sei o que Vocês Fizeram no Verão Passado

Quando dizem que, em cidades pequenas, todos sabem o que você fez, não é brincadeira! Um ano após acidentalmente atropelar um pescador e, com medo das consequências, jogar seu corpo na água, quatro amigos vêem seu maior pesadelo vir à tona quando uma delas recebe uma carta afirmando "eu sei o que vocês fizeram no verão passado". A partir daí o derramamento de sangue começa e do assassino só se sabe uma coisa: ele possui um gancho de pescador.



6. Boa Noite, Mamãe

Imagina morar numa residência isolada em meio a uma plantação? Agora imagina você ter nove anos e, após uma série de cirurgias plásticas, nem você  e nem seu irmão gêmeo conseguem reconhecer a mulher de rosto coberto que se diz sua mãe. A partir de agora nada será como antes.



5. Terror em Silent Hill 

Desde pequena a filha de Rose é atormentada por visões que só pioram com o tempo. Desesperada, a mãe busca a cidade que a menina tanto menciona em seus pesadelos; no entanto, ao chegarem perto do local, ambas sofrem um acidente que resulta no desaparecimento de Sharon. Onde estará a garotinha? Qual sua relação com a cidade? E o local é tão deserto quanto parece ou há forças demoníacas que Rose não é capaz de imaginar?

(Disponível na Netflix)



4. A Vila

Os moradores de uma vila isolada (terror e lugares isolados são o verdadeiro casal duradouro da indústria cinematográfica, não é mesmo?) perdem sua tranquilidade e harmonia ao descobrir que o bosque que os cerca esconde perigosas criaturas chamadas por eles de "Aquelas de Quem Não Falamos" (uma espécie de Voldemort do terror). Com medo de serem as próximas vítimas dessas criaturas misteriosas, ninguém se arrisca a sair da vila. No entanto, Lucius — interpretado por nosso querido Coringa, Joaquin Phoenix — é esfaqueado e sua namorada Ivy resolve se arriscar para salvar o amado. Do mesmo diretor de O Sexto Sentido, o filme propõe debates interessantes e extremamente atuais. 



3. A Bruxa

Chamado por alguns de terror satânico, o filme se passa na Nova Inglaterra, na década de 1630. Um casal leva uma vida cristã com seus filhos em uma comunidade extremamente religiosa, até serem expulsos por sua fé diferente da permitida. A família passa a morar em um local isolado (o que eu disse?), à beira do bosque e sofrendo com escassez de comida. Um dia o bebê desaparece sob os cuidados da irmã, que é prontamente acusada pela mãe de ser uma bruxa. A família então vive seus maiores pesadelos enquanto a desconfiança assola o ambiente e torna cada um a versão mais condenável de si mesmo.



2. Nós

Trazendo à tona o lado crítico intrínseco à origem do gênero de terror ao máximo, o filme conta a história de Adelaide e Gabe,  um casal que decide passar um fim de semana com os filhos na praia. A diversão é interrompida com a chegada de um grupo misterioso com aparência semelhante a deles, que acaba por torná-los reféns. 



1. Deixe Ela Entrar

Oskar é um garoto de doze anos que é constantemente vítima de bullying na escola. Um dia, ao brincar no pátio do prédio onde mora, conhece a pequena Eli; uma garota pálida e solitária que se mudou recentemente para a vizinhança com o pai. Paralelamente, uma série de assassinatos começa a ocorrer, nos quais o sangue das vítimas é retirado, e Eli está envolvida de um modo que Oskar nunca poderia imaginar.



BÔNUS ESPECIAL: Morto Não Fala 

Para quem ama o gênero e cinema nacional, não dá para perder o longa que está em cartaz agora no cinema! Plantonista de um necrotério, Stênio possui um dom paranormal de se comunicar com os mortos. Trabalhando a noite, ele já está acostumado a ouvir relatos do além. Porém, quando essas conversas revelam segredos sobre sua própria vida, o homem ativa uma maldição perigosa para si e todos a sua volta.




E aí, o que achou da nossa lista? Esquecemos algum que você sentiu muita falta? Deixa aí embaixo nos comentários e fala pra gente se gostou dos filmes da lista. Gostosuras ou travessuras 😉😮

Amanda Sperandio

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário