Após 20 anos, Cinema Tupiniquim pode voltar ao Oscar



Após desbancar o badaladíssimo Bacurau, dirigido pelo também brasileiro Kleber Mendonça Filho, A Vida Invisível, de Karim Ainouz, poderá representar o Brasil no Oscar 2020.

Poderá, pois ainda tem que passar pela Academia de Artes e Ciências, Organização por trás do Oscar. Se passar, enfrentará filmes como o coreano Parasita, de Bong Joon-ho, vencedor da Palma de Ouro em Cannes e o alemão System Crasher, de Nora Fingscheidt, ganhador do Urso de Prata no Festival de Berlim.

Em maio deste ano, o filme ganhou o prêmio na categoria Um Certo Olhar no Festival de Cannes.

O filme é baseado no livro homônimo da escritora Martha Batalha.

Dia 30 deste mês, o filme fará sua première no Cine Ceará, e a partir do dia 31 oficialmente no circuito nacional.

Confira o trailer:



Chegou a hora de torcer mais uma vez pelo cinema Tupiniquim.

Quem mais está ansioso? Comente, compartilhe e deixe seu like. ;-)


Miguel Rodrigues

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário