Crítica: MIB: Homens de Preto Internacional (2019, de F. Gary Gary)




Nosso planeta corre perigo? Alienígenas querem destruir a terra? Fica tranquilo que MIB: Homens de Preto Internacional chegou para salvar o mundo de todo mal dos invasores e junto veio toda a nostalgia da franquia antiga.

Quando se fala de MIB, lembra-se automaticamente do Agente J (Will Smith) de óculos escuros, usando o neuralizador e uma amnésia ocasionada por ele logo em seguida. A nova proposta do filme é resgatar esse felling e ressuscitar a franquia com o Agente H (Chris Hemsworth) e a Agente M (Tessa Thompsom), cujos astros já atuaram juntos em Thor: Ragnarok.


Por terem atuado juntos uma vez, nota-se uma química entre os dois, tem o mesmo tom de comédia, o enredo, em alguns pontos, lembra bem o Thor e a Valquíria, mas neste filme, com os papéis invertidos. Inclusive, não podemos esquecer que tem uma breve referência ao Thor no filme.



O filme tenta deixar o universo de MIB maior, como o título já diz, a trama ocorre em vários lugares do mundo. A única questão é a história, que fica um pouco corrida e rasa demais, podemos ver isso no arco da Agente M e até dos vilões. Talvez o diretor F. Gary Gary tenha sido cauteloso demais tentando respeitar a franquia antiga, tanto que existem várias referências da mesma no filme, dificultando de criar algo novo.


A trilha sonora e a fotografia do filme são as mesmas usadas nos outros 3, o diretor tenta usar de artifícios já existentes para conquistar o público, isso funciona, pois a nostalgia bate a todo momento. Os efeitos visuais e a ambientação também contribuem para esse sentimento, claro que um pouco melhorados para os dias atuais.


O filme discute autodescobrimento, relacionamentos, passado, escolhas e futuro mais uma vez, bem similar a Thor: Ragnarok. Essa dupla, que funciona super bem, até agrada, mas deixa um pouco a desejar, pois falta desenvolvimento em um potencial que tem muito para apresentar ao público. Quem sabe em uma sequência, o diretor não se arrisca mais e cria seu próprio caminho dentro do universo de MIB.



Título Original: Men In Black: International

Direção: F. Gary Gary

Duração: 114 minutos

Elenco: Kumail Nanjiani, Chris Hemsworth, Emma Thompson, Liam Neeson, Tessa Thompson

Sinopse: Por décadas a agência Homens de Preto protegeu a Terra da escória do universo, mas agora precisa lidar com a maior das ameaças: um traidor, justo quando a agência torna-se internacional. É neste contexto que M (Tessa Thompson) tenta se tornar agente, já que teve uma experiência extraterrestre quando jovem e não teve sua memória apagada. Quem irá auxiliá-la nesta jornada é o atrapalhado agente H (Chris Hemsworth).

Trailer:



Animados com o retorno da franquia?
Deixe nos comentários o que achou do filme:

Arthur Lino

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário