Especial de Natal: A Princesa e a Plebeia (2018, de Michael Rohl)


Para as garotas, o título brasileiro desse filme pode remeter ao clássico de mesmo nome da Barbie, no entanto, a unica semelhança entre os dois são as personagens principais, no mais, cada um segue em seu estilo com panos de fundo diferentes. Mas não se enganem, antes de descartar essa indicação por pressupor que seja um filme infantil ou só para garotas, saibam que A Princesa e a Plebeia não é um filme que tem um público alvo definido! 

Stacy De Novo é uma confeiteira que administra junto com seu melhor amigo, Kevin, uma confeitaria em Chicago. Kevin, para animar Stacy, que está muito abatida após um doloroso término, inscreve a amiga para uma das competições culinárias mais prestigiadas do mundo, localizada no Reino de Belgravia. Stacy, por ser extremamente controladora em sua rotina, se recusa a participar, mas no caminho de casa acaba esbarrando com seu ex e sua atual namorada e, por isso, muda de ideia em relação à competição e decide participar.


Kevin e sua filha, Olivia, ficam super animados com a decisão de Stacy e claro, com a viagem. Ao chegar em Belgravia, se hospedam em uma linda casa de campo, mas sem muito se aconchegar, eles logo vão para os estúdios de televisão onde acontecerá a competição. E é nos bastidores do programa que Stacy acaba esbarrando com Lady Margaret, do reinado de Montenaro, Duquesa e futura noiva do príncipe Edward. E para a sua surpresa:


Ao notar que são perfeitamente idênticas, exceto pelo estilo e sotaque, Lady Margaret, que nunca se agradou muito de fazer parte da realeza e ser o centro das atenções, acaba se animando com a descoberta de uma sósia, usando dessa oportunidade para propor a Stacy se ela aceita trocar de lugar por alguns dias, só para que ela saiba, pelo menos por pouco tempo, como é viver uma vida normal. A loucura, que Stacy concorda em fazer, terá fim à meia noite do dia anterior à competição e ao casamento da Duquesa. 

Nem tudo sai tão perfeito como ambas tinham imaginado: Stacy se adapta à vida na corte e começa a se apaixonar pelo príncipe, enquanto, por outro lado, Margaret também se adapta muito bem à vida que sempre quis e começa a se apaixonar por Kevin. Olivia logo descobre a tramoia das duas e, ao invés de contar ao pai, ajuda as gêmeas. Mas será que a pequena conseguirá ajudar as duas sem que muita confusão e conflitos aconteçam?


Vanessa Hudgens está ótima fazendo esse papel duplo que exigiu bastante de suas habilidades, pois se não bastasse estar fazendo o papel de uma americana e uma britânica, com comportamentos e estilos completamente diferentes, após a troca das personagens, ela teve, ainda, que encenar como seria uma britânica imitando uma americana e vice-versa. É hilário e super engraçado! 

Sam Palladio está exuberante e convence como príncipe. Nick Sagar como o bom amigo Kevin conseguiu muito bem vestir a camisa galante e interpretar aquele tipo de homem plebeu que está aos pés de qualquer princesa.  Alexa Adeosun foi uma boa escolha para o papel mirim de Olivia, que aqui fora bastante presente e relevante. A trama é mais centrada nesses quatro personagens, mas os demais não decepcionam. 

A história, leve e cativante, junto com a maestria das atrizes e atores ao conduzi-la, é abraçada por uma produção caprichosa que teve êxito ao harmonizar exatamente todos os quesitos técnicos para nos entregar um belo filme, que ainda teve como pano de fundo uma das melhores épocas do ano: o Natal. 


A Princesa e a Plebeia levanta bandeiras que são extremamente importantes para a vida, como ser gentil, solidário, ter senso de humor; mostra a importância da caridade, de viver com mais leveza e menos cobranças e, especialmente, mostra que as tradições não significam absolutamente nada quando não se está feliz, instigando a buscar o que nosso coração realmente almeja, independente do quanto e o que teremos que enfrentar para conseguir.


Título Original: The Princess Switch

Direção: Michael Rohl

Elenco: Vanessa Hudgens, Sam Palladio, Nick Sagar, Alexa Adeosun, Suanne Braun, Mark Fleishmann, Sara Stewart, Pavel Douglas, Ashley Emerson e mais.

Sinopse: Quando uma confeiteira de Chicago e uma futura princesa descobrem que são basicamente gêmeas, elas criam um plano para trocar de lugares durante o Natal. As coisas irão ficar complicadas quando uma delas se apaixona por um homem que não sabe a verdadeira história e muito menos a identidade da sua amada.

Trailer:


Obrigada pela leitura!

Helen Santos

2 comentários :

  1. Também fiz um artigo de opinião sobre este filme no meu blogue à alguns dias! Gostei muito deste filme por não ser mais do que pretende e por ter um elenco bastante competente, nomeadamente, Vanessa Hudgens que tem aqui dois papéis mais complicados do que parecem à primeira vista. "A Princesa e a Plebeia" é realmente uma boa escolha para assistir neste Natal.
    Mundo da Fantasia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário, Sónia! Vou dar uma olhada no seu artigo também!

      Excluir