Crítica: O Exorcista - 2º Temporada (2017, Alex Garcia Lopez e outros)



Primeiramente, preciso te avisar que CONTÉM SPOILERS
Então é por sua conta e risco.

Séries baseadas em grandes obras do cinema tem ganhado força ultimamente, tanto na TV, como em serviços de streaming. Porém, sempre que vejo uma, fico com o pé atrás, afinal, vamos pegar um clássico como O Exorcista, o pai de todos dos filmes do gênero, e fazer uma adaptação ao modo que ele se enquadre nos dias atuais. Infelizmente nem toda série é uma Bates Motel da vida; quem assistiu provavelmente vai concordar comigo quando eu digo que a série elevou o patamar das adaptações, respeitando a história original, mas ao mesmo tempo renovando-a. Infelizmente, não vi isso acontecer em O Exorcista.


A primeira temporada foi uma decepção, ao meu ver. O roteiro se perdeu ao tentar passar a história, não sabíamos se estávamos assistindo a continuação do filme ou uma abordagem totalmente nova sobre conspirações e traições envolvendo a igreja. Se quiser ler sobre, veja nossa crítica

A segunda temporada, pelo menos, deixou claro que estava acontecendo muito mais do que podíamos imaginar. Um ponto forte que precisa ser mencionado, é o excelente elenco: Alfonso Herrera (Tomas Ortega), Ben Daniels (Marcus Keane) e Kurt Egyiawan (Bennett) retornam como regulares, enquanto o novo ano também contou com John Cho (Star Trek), Zuleikha Robinson (Lost) e Brianna Hildebrand (Deadpool).


Apesar da história ter evoluído exponencialmente desde o primeiro ano, ainda contém falhas. A segunda temporada mantém o padrão; os padres estão trabalhando na surdina para tentar ajudar as pessoas acometidas por espíritos malignos, ao mesmo tempo que se veem no meio de uma grande conspiração. No meio disso tudo, eles são levados até uma casa, onde crianças órfãs são acolhidas e tratadas com muito amor e respeito por Andrew (John Cho), que há pouco tempo perdeu a esposa, Nikki (Alicia Witt). Porém, coisas estranhas começam a acontecer na casa e Padre Thomas se vê na obrigação de ajudá-los.


Como de costume, os efeitos especiais são ótimos e apesar de "forçar" um pouco em algumas partes, não chega a ser absurdo. Acho que o problema desse ano foi a enrolação do roteiro ao desenvolver a história. Sim, foi melhor que a primeira temporada, mas tivemos uma temporada inteira focada apenas em uma determinada situação que não se resolvia. Poderia ter sido ótimo, mas foi apenas bom. Infelizmente a fórmula se repete de novo. Não há nada muito novo e extraordinário acontecendo, em alguns pontos, chegou a lembrar um pouco Outcast que, diga-se de passagem, é um dos melhores do gênero possessão. Mas quem não tem cão, caça com o gato.



Título Original: The Exorcist

Direção: Alex Garcia Lopez, Deran Sarafian, Jason Eisener, So Yong Kim ,Ti West 

Elenco: John Cho, Alicia Witt, Ben Daniels, Alfonso Herrera, Zuleikha Robinson, Brianna Hildebrand, Kurt Egyiawan

Sinopse: Nesta nova temporada, os padres Tomas e Marcus enfrentam uma nova força maligna que persegue uma criança em um orfanato gerenciado por um ex-psicólogo infantil. Enquanto isso, o Padre Bennett continua sua luta no Vaticano contra aqueles que se rebelaram contra Deus.

Trailer:

E você? O que achou?

Natália Vieira

Gosto de filmes e sou viciada em séries e música boa. Não tem muito o que dizer depois disso.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário