Notícia: Inumanos ficará em cartaz nos cinemas IMAX do Brasil, a partir de hoje.

Trailer: Joaquin Phoenix mostra seu potencial em You Were Never Really Here


Crítica: Os Guardiões (2017, Sarik Andreasyan)


No período da Guerra Fria, um grupo de super-heróis são criados, cada um representando as diferentes caraterísticas da URSS e com super-poderes que refletem as tradições dos povos da URSS. A princípio quem criou os super-heróis foi August Kuratov (Stanislav Shirin), gerando um quarteto de humanos com poderes incríveis e que poderiam vencer guerras e aquele velho clichê: quem sabe, dominar o mundo.

Cinema: Estreias da Semana!

Confira a última semana de estreias do mês de agosto!

Atômica



Crítica: Polícia Federal - A Lei é Para Todos (2017, de Marcelo Antunez)


Quando se faz um filme sobre uma das operações mais controversas e midiáticas da história de um país, é necessário ter ao menos um olhar imparcial e justo sobre a história daquilo. Mas, ao que parece ser, acaba se tornando em uma obra parcial, unilateral e pretensiosa, o que não é ruim, mas quando se fala de algo controverso, e que divide opiniões... Nesse caso, pode ser péssimo.

Crítica: Lucifer - (2 ª Temporada)

Para comemorar o Dia do Gamer, fizemos uma lista de jogos que viraram filmes!

Apesar de nunca esperar muito desses filmes, até porque é aquela história, a adaptação nunca será melhor que o original, e vemos isso acontecer hoje em dia também, com filmes da DC e Marvel, tentando trazer para o grande público os HQ's, porém, muitos deles divertem e nos levam a momentos nostálgicos e inclusive, contam com boas atuações e atores de peso. Percebe-se que eu não coloquei ''melhores'' ou ''piores'', vou apenas citar os mais conhecidos e, fica a seu dispor, achá-los bons ou ruins. Vem conferir a lista e tire suas conclusões!



Trilha Sonora: Game of Thrones (7ª temporada)



Com a chegada do fim da 7ª temporada de Game of Thrones - que teve seu último episódio exibido nesse domingo (27) - os fãs da série ficaram um pouco órfãos, na expectativa da conclusão que acontecerá somente em 2019. 

Crítica: Game of Thrones (7° Temporada) - Enfim, As Crônicas de Gelo e Fogo?


Antes de mais nada, leia nossas primeiras impressões do 1° episódio da 7° temporada aqui!

Crítica - Emoji: O Filme (2017, de Tony Leondis)


Público alvo é basicamente o principal pilar para a construção de um bom produto, ou empresa. Em âmbitos cinematográficos, e, principalmente no mundo das animações, é o que define a estrutura de um roteiro, seus pontos de clímax, trilha sonora, trama, argumentos visuais para um diretor, e como ele deve trazer tudo isso em cena. Em outras palavras, quando se foca em um público alvo, um grande potencial de qualidade é alcançado, mas infelizmente, Emoji: O Filme foca em tudo, menos nisso.

A Equipe do Blog Comenta: Os Defensores - 1ª Temporada




Os Defensores é a mais nova série da parceria Marvel/ABC/Netflix e conta a história da reunião de Matthew Murdock (o demônio de Hell's Kitchen), Jessica Jones, Luke Cage e Danny Rand (Punho de Ferro). A reunião deles tem como propósito salvar a cidade de Nova York do Tentáculo, a misteriosa organização criminosa que vem agindo nos bastidores da cidade.


Como já é de praxe, reunimos a equipe do blog para dar uma breve opinião pessoal para o resultado final destes oito episódios. 

Notícia: Como Nossos Pais, de Laís Bodansky, foi o grande vencedor do Festival de Cinema de Gramado



O filme Como Nossos Pais, de Laís Bodanzky (O Bicho de Sete Cabeças), foi o grande vencedor da 45ª edição do Festival de Cinema de Gramado na premiação de Longas-Metragens Brasileiros. 

Crítica Bingo - O Rei das Manhãs : Nostalgia e Atuações Incríveis fazem de Bingo o Filme Brasileiro do Ano!



Notícia: Reese Witherspoon vai produzir cinebiografia de Megan Phelps-Roper

Notícia: Dupla Explosiva continua no topo em péssima semana para as bilheterias


Confira o catálogo da Netflix para Setembro!

Para quem gosta de séries, esse é o mês, várias delas serão atualizadas como Grey's Anatomy e Gotham, dentre vários filmes e documentários. Vem conferir e fique por dentro!


Crítica: Master Of None - Segunda Temporada (2017, de Aziz Ansari e Alan Yang)





A primeira temporada de Master Of None chegou quieta, sem alarde e sem muita publicidade. Após ser lançada, porém, chamou a atenção de muitas pessoas por sua originalidade e seu poder de entretenimento, junto com um roteiro inteligentíssimo e uma qualidade de direção invejável até para grandes filmes hollywoodianos. Eu apenas assisti a série após suas várias indicações ao Emmy de 2016 e fiquei embasbacado com a série. Assisti os 10 episódios em 2 dias e, obviamente, passei muito tempo esperando a segunda temporada. Quando esta foi lançada, eu deixei para assistir depois, pois na época estava ligado em outras coisas e assistindo a outras séries. Esse mês, enfim comecei a assisti-lá, e novamente terminei em 2 dias e agora estou esperando a próxima temporada, que ainda não foi nem confirmada pela Netflix, então deve demorar bastante tempo para ser lançada.

Crítica: Lino - O Filme (2017, de Rafael Ribas)


Há um bom tempo, o mercado cinematográfico brasileiro é algo que vem crescendo, e apesar de hoje em dia viver em uma ditadura de gênero (comédia), surpreende até mesmo o cinéfilo mais pessimista. Felizmente, não é isso que se encontra no mercado de animações brasileiras, gênero que só tende a crescer, e, apesar da pouca atenção do público, vem se tornando a maior força cinematográfica nacional – basta observamos O Menino e o Mundo, primeiro longa de animação Latino indicado ao Oscar (e, felizmente brasileiro).

Top 10: Melhores Momentos do Cinema de Super-Heróis


Muito se discute sobre a atual "supersaturação" do gênero de super-heróis no cinema: com a Marvel lançando pelo menos dois filmes por ano, a Fox planejando três do universo X-Men para o ano que vem mais as gambiarras da Sony com os vilões do Homem-Aranha e a aparente bagunça em que se encontra o universo da DC... É difícil se manter completamente animado para cada novo lançamento, porém não podemos esquecer das cenas marcantes que esse gênero trouxe para nós, por isso separo aqui dez momentos que eu considero gloriosos em filmes de super-herói. Nem preciso dizer que haverá spoilers, não é?

Crítica: Death Note (2017, Adam Wingard)


"Regra um: o humano cujo nome for escrito nesse caderno morrerá."

Diante dessa escolha, o que você faria?

Crítica: O Zoológico de Varsóvia (2017, de Niki Caro)

Utilidade Pública: Filmes e Série Que Deixam a Netflix em Setembro!

Preparem seus corações, porque a lista é longa. 
Filmes como O Poderoso Chefão, Na Natureza Selvagem e episódios de How I Met Your Mother saem esse mês. Corre que ainda da tempo!  


Notícia: Suécia e Alemanha escolhem seus filmes concorrentes ao Oscar 2018


O processo de escolha do filme representante por aqui ainda nem começou direito, e em outros países, como Suécia e Alemanha, a seleção já foi finalizada. O filme alemão que foi escolhido é o In The Fade. Já o filme sueco, e bastante elogiado pela crítica, conquistando prêmios importantes, é o The Square.

In The Fade (ALEMANHA)
Narra o drama de Katia (Diane Kruger) que
 leva uma vida pacata, ao lado do marido Nuri (Numan Acar) e do filho. Um dia, ela é surpreendida ao descobrir que ambos morreram devido a uma bomba colocada diante do escritório do marido. Desesperada, Katia decide lutar por justiça ao descobrir que os responsáveis foram integrantes de um grupo neonazista.

O filme levou o prêmio de melhor atriz, no Festival de Cannes.


The Square (SUÉCIA)
Um gerente de museu está usando de todas as armas possíveis para promover o sucesso de uma nova instalação. Entre as tentativas para isso, ele decide contratar uma empresa de relações públicas para fazer barulho em torno do assunto na mídia em geral. Mas, inesperadamente, isso acaba gerando diversas consequências infelizes e um grande embaraço.

O filme foi conquistou o prêmio da Palma de Ouro.



E você, qual filme estrangeiro irá representar o nosso Brasil? Comente e navegue em nossas redes sociais!


Notícia: Matt LeBlanc, o eterno Joey, de Friends, anuncia "aposentadoria"


O bom humor do ator Matt LeBlanc é sem dúvida uma das sua características marcantes na carreira. Em Friends, a sua personalidade desenvolvida para Joey, conquistou muitos fãs e o público em geral. Foi assim que Matt, no programa Conan on TBS, do apresentador Conan O'Brien, com o semblante bastante cômico, anunciou sua aposentadoria.

"Eu não tenho mais 50 [anos]. Tenho 50 e algumas semanas, estou ficando velho. Gostaria de me aposentar cedo ao invés de muito tarde, porque eu acho que gostaria de fazer p***** nenhuma. Isso é o que eu gostaria de fazer. Nada! Zero!", disse o ator.

Matt ainda acrescentou o questionamento de Conan, ao dizer que ninguém pode ficar o dia todo deitado na cama, tomando sorvete e disse como seria a vida cotidiana da aposentadoria:
"Dormir o quanto você quiser ou acordar cedo, se você quiser. É simplesmente não ter que ir a lugar nenhum ou ter alguém dizendo o que você tem que fazer. Talvez você vá à academia, ou não. Talvez tome nove xícaras de café, ou nenhuma. Levantar e ir passear com os bulldogs o dia inteiro."

Mesmo com toda essa descontração vista no programa, Matt ainda tem projetos para serem finalizados e realizados. Com o término das gravações da última temporada de Episodes e já em vista um novo trabalho, Top Gear, série de produção da BBC, o ator não vai parar por agora. Ainda teremos muito do seu talento nas telas da televisão.

Não deixe de comentar e acompanhar, em nossas redes sociais, todas as novidades do Minha Visão do Cinema.


Notícia: Atriz que interpretará Estelar na série Titãs é confirmada!

Trailer: Novo trailer de Blade Runner 2049 mostra um pouco mais do vilão Neander Wallace


Cinema: Estreias da Semana!

Estreias interessantes de filmes essa semana, para todos os gostos! Vem conferir e fique por dentro.

A Torre Negra

Crítica: A Torre Negra (2017, de Nikolaj Arcel)


A Torre Negra é o 37º filme adaptado das obras de Stephen King (O Iluminado, IT), sendo um dos mais esperados pelo público, tendo livros, hq’s, e agora, um filme. Com tanto material é de se esperar uma obra coesa e interessante, ou, no mínimo, algo bom, mas infelizmente isso não é entregue, se passando por uma obra rasa e problemática.

Crítica: Ozark - 1° Temporada (2017, Série Netflix)


Notícia: Elizabeth Debicki entra no lugar de Eva Green na cinebiografia de Virginia Woolf



Notícia: Channing Tatum reafirma novo roteiro em Gambit


“Descartamos totalmente o primeiro. Acho que tivemos sorte – tivemos alguns contratempos, mas tudo aconteceu por uma boa razão. Estávamos tentando fazer algo completamente diferente, algo que esse gênero de filmes nunca tinha visto. Estávamos enfrentando sempre os mesmos problemas, e então Deadpool e Logan apareceram e quebraram as portas. Agora vamos fazer realmente o que sempre quisemos com o roteiro – acabamos de começar novamente”. 

Foram com essas palavras nas quais Channing Tatum, o protagonista de Gambit, reafirmou que o filme irá sim ter um novo roteiro. O ator já tinha dado tal informação semelhante, durante a Comic-Con deste ano, em San Diego.

O primeiro roteiro, escrito por Taylor Kitsch, não agradou a crítica.

E ai, é fã de Gambit? Ansioso para o filme? Comente em nossas redes sociais.

15 Filmes Sobre a Alegoria da Caverna de Platão

Alegoria da caverna
O mito da caverna, ou alegoria da caverna, é um dos textos mais debatidos e conhecidos atualmente. Presente no livro A República de Platão, essa metáfora possui a tentativa de explicação da condição de ignorância em que vive a humanidade e da captação do mundo sensível e do mundo inteligível.

O mundo sensível é o conhecido através dos sentidos, aprisionados do mundo iluminado, acreditando apenas no que veem. O mundo inteligível, por sua vez, é conhecido através da razão, em que se liberta da escuridão e vê o mundo com os próprios olhos.

Essa Alegoria trata de prisioneiros acorrentados em uma caverna que só podem olhar para a parede à sua frente. Eles só conseguem enxergar sombras de seres formadas pela fogueira atrás deles, analisando as imagens e transformando aquilo no seu real. Certo dia, um prisioneiro consegue fugir e, relutante para sair da caverna, descobre o novo, a realidade. Ele volta à caverna e conta para os ainda acorrentados suas descobertas e conhecimentos adquiridos. No entanto, é ridicularizado pelos prisioneiros ainda acorrentados, por acreditarem apenas nas suas realidades, o que enxergam projetado na caverna.


1) O Quarto de Jack (2016)Direção:Lenny Abrahamson



Joy (Brie Larson) e seu filho Jack (Jacob Tremblay) vivem isolados em um quarto. O único contato que ambos têm com o mundo exterior é a visita periódica do Velho Nick (Sean Bridgers), que os mantém em cativeiro. Joy faz o possível para tornar suportável a vida no local, mas não vê a hora de deixá-lo. Para tanto, elabora um plano em que, com a ajuda do filho, poderá enganar Nick e retornar à realidade.

Notícia: Mulher-Maravilha se tornou o filme de origem de herói com maior bilheteria no EUA de todos os tempos


Trailer: Helena Bonham Carter e Hilary Swank brilham no primeiro teaser de 55 Steps


Notícia: Dupla Explosiva estreia em primeiro lugar nos EUA


Filmes não Hollywoodianos para se ver na Netflix!

Todo mundo sabe que nem só de Hollywood se vive o cinema. Apesar de ser a maior distruidora de filmes e ter sua própria calçada da fama, muitos filmes chegam ao grande público mesmo sem ter tanto marketing. Diria que, se você caçar, você acha! E como acha! E se você, assim como eu, tem preguiça de olhar o catálogo da Netflix por horas e acaba assistindo os filmes repetidos, venha conferir a lista e conhecer um pouco mais sobre o cinema afora!


O Fabuloso Destino de Amélie Poulain


Crítica: Nunca Diga Seu Nome (2017, de Stacy Title)


O gênero de filmes de terror é, atualmente, um tópico relativamente problemático: com a ascensão do PG-13 e consequente banalização da violência, foram postos no mercado uma infinidade de obras puramente comerciais com um público-alvo adolescente que adora “levar aquele sustinho” com barulhos altos e outros clichês. Isso acabou por criar um certo preconceito no mundo do cinema em cima do terror, como se fosse um gênero perdido e há até quem defenda que exemplares um pouco mais complexos como A Bruxa ou o recente Ao Cair da Noite deveriam ter um subgênero apenas para eles. É um pensamento ridículo, obviamente, mas com filmes como Nunca Diga Seu Nome sendo lançados, até compreensível.

Trailer: Frank Castle busca vingança no primeiro teaser de O Justiceiro




Estreou nessa sexta-feira (18), Os Defensores, série da Netflix baseada na HQ homônima, que tem como protagonistas Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro, personagens esses que já tiveram suas séries solos exibidas pela rede de streaming.  

Crítica: A Incrível Jéssica James - Ideologia Feminista versus Realidade


Está com saudades de filmes despretensiosaos que possuem temáticas sérias como pano de fundo?


Então você vai adorar a nova série da Netflix com toques de empoderamento feminino. Como trata-se de uma análise, senta que lá vem spoiler...

Crítica: Oldboy (2003, Park Chan-wook)


Sabe aquele plot twist que torna um filme inesquecível? No estilo de Clube da Luta, Psicose, Os Outros, O Sexto Sentido, etc.? Pois Oldboy, filme sul-coreano dirigido por Park Chan-wook, tem um pra deixar o queixo de qualquer um caído. Mas não é “só” isso: o filme já começa com um mistério que o protagonista passa o tempo todo tentando resolver, e quando ele (e, por consequência, nós, os telespectadores) acha que resolveu, o “vilão” dá uma bela puxada de tapete e mostra a sua cartada final, num final que dificilmente seria esperado por alguém.

Trailer: Rememory


O primeiro trailer oficial de Rememory, filme de Mark Palansky, foi lançado; nele vemos o personagem de Peter Dinklage (Game of Thrones) utilizando um dispositivo que permite observar memórias passadas para resolver um assassinato, também no elenco está o falecido Anton Yelchin (da trilogia reboot de Star Trek). O filme será distribuído oficialmente pelo Google Play e chega na plataforma no dia 24 de agosto.

Gostou do trailer? Deixe sua opinião aí nos comentários.

Cinema: Estreias da Semana!

Vem conferir as estreias e fique ligado para não perder nada!


Anabelle 2: A Criação do Mal

Crítica: Annabelle 2 - A Criação do Mal (2017, de David F.Sandberg)


Acostumados pelo tempo e experiência com intermináveis explorações de franquias, o cinéfilo se acostumou com o fato de que continuações costumam ser inferiores aos filmes originais. Não é nada fora do intuitivo perceber o porquê disso: a primeira boa ideia era inédita e teve o privilégio das primeiras impressões; enquanto isso, cada material derivado vê um esforço em dobro para resgatar o mesmo objetivo alcançado anteriormente, pois a própria natureza de repetir dificulta a originalidade.

Trailer: Adam Sandler canta e toca piano no primeiro teaser de The Meyerowitz Stories


Notícia: Lady Bird ganha suas primeiras imagens oficiais



TOP 10 Filmes sobre Gastronomia

É apaixonado por gastronomia? Ama filmes também? Então esta lista foi feita com carinho e sob medida para você, prepare-se para uma visão gastronômica.

10 - O Sabor de uma Paixão (The Ramen Girl - 2008)
The Ramen Girl é aquele filme bobinho que te deixa com um sorriso no rosto, mas você pode aprender um pouco mais da tradicional arte japonesa de Ramen. 



Notícia: Glow é Confirmada com Segunda Temporada e Gypsy é Cancelada pela Netflix


Este ano na Netflix tivemos os lançamento das séries Glow e Gypsy, mas apenas uma delas terá continuidade. Estrelada por Alison Brie, e produzida por Jenji Kohan, criadora da série Orange is the New BlackGlow que foi produzida por Jenji Kohan, seguirá para a segunda temporada e ganhará mais dez episódios, ainda sem previsão de lançamento.

Gypsy, série lenta e conturbada, protagonizada por Naomi Watts, não foi bem recebida pela crítica e irá parar na sua primeira temporada.