Crítica: Força Para Viver (2014, de William H. Macy)


Sabe aqueles filmes que você assiste sem esperar nada e acaba sendo surpreendido positivamente? Pois é justamente o que aconteceu comigo em relação a este filme.

Crítica: Voo 7500 (2014, de Takashi Shimizu)


Voo 7500  era um filme que estava aguardando desde quando foi liberado o primeiro trailer em 2012, fiquei tão entusiasmado e com a expectativa bem alta achando que iria assistir a um excelente filme de terror sobrenatural pois, o elenco é repleto de rostos conhecido, o diretor envolvido já havia nos entregado outro ótimo filme do gênero e o roteiro é no mínimo curioso, mas como todos sabem quanto mais esperamos por um filme e quanto maior a nossas expectativas maior e mais cruel é a decepção e é justamente o que aconteceu não só comigo, mas com todos que esperavam este filme desde de 2012, que tinha tudo para ser bom mas infelizmente não é. O primeiro problema a ser apontado é o enorme lapso de tempo entre o lançamento do primeiro trailer e o seu lançamento nos cinemas, que ocorreu somente em 2014 nos EUA e apenas este ano  no Brasil.

Crítica: Caçadores de Recompensa (2013, De Henry Saine)


Caçadores de Recompensa é um filme de 2013 que foi lançado no Brasil em 2014 direto em home video, sendo distribuído pela focus. Na época não fiquei interessando, por achar que seria mais uma porcaria porém, recentemente vi o trailer, que me deixou mais animado e li algumas críticas que curiosamente foram positivas,  então decidi dar uma chance.