STARDUST - O MISTÉRIO DA ESTRELA




Elenco: Claire Danes, Charlie Cox, Sienna Miller, Ricky Gervais, Jason Flemyng, Peter O'Toole, Michelle Pfeiffer e Robert De Niro.


Sinopse: STARDUST nos conduz numa aventura que tem início em uma pequena cidade da Inglaterra e termina em lugares que existem apenas no mundo da imaginação.

O jovem Tristan (CHARLIE COX) tenta conquistar o amor da bela e fria Victoria (SIENNA MILLER) indo em busca de uma estrela cadente. A jornada o leva a uma terra esquecida e misteriosa além dos muros da cidade. Nessa odisséia, Tristan encontra a estrela, que se transformou numa garota fascinante chamada Yvaine (CLAIRE DANES).

Mas Tristan não é o único à procura da estrela. Os quatro filhos vivos de um rei (PETER O'TOOLE) - sem falar dos espíritos de seus três irmãos já falecidos - competem pela estrela na disputa pelo trono. Tristan também terá de enfrentar a feiticeira má Lamia (MICHELLE PFEIFFER), que pretende usar a estrela para recuperar a juventude. 

Ao lutar para sobreviver a todas essas ameaças - encontrando pelo caminho um pirata, o capitão Shakespeare (ROBERT DE NIRO), e o suspeito negociante Ferdy, o Receptador (RICKY GERVAIS) -, Tristan vê sua missão mudar: ele precisa ganhar o amor da estrela, agora que descobriu o verdadeiro amor.


Direção: Matthew Vaughn

Curiosidade: 

* Baseado no romance gráfico best-seller de Neil Gaiman e ilustrado por Charles Vess.



Trailer:



O cinema é lotado de adaptações de HQ's e livros. Também é saturado de contos de fadas. Mesmo que muito bons, às vezes tal filme traz mais do mesmo. Sempre o mesmo bem contra o mal, a mocinha, o príncipe encantado e a vilã. Essa fórmula repetitiva gera lucro e boa bilheteria, mas falta "ar", falta originalidade. Indo contra todas estas regras encontra-se Stardust, que foi fraco de bilheteria (infelizmente), mas muito bem de crítica, se tornando para mim um dos melhores filmes lançados em 2007, o melhor épico de fantasia dos últimos anos, e sem dúvida; um de meus filmes favoritos!


Falando mais sobre o enredo, um vilarejo da Inglaterra literal é separado de um vilarejo mágico por um muro. Um jovem cruza o muro e tem um filho com uma princesa presa à uma bruxa. Este filho cresce e se apaixona por uma moça esnobe. Para conquistar o coração da moça, o jovem jura pegar um pedaço da estrela cadente que caiu do outro lado do muro. Acontece que esta estrela é uma linda moça, que carrega consigo uma pedra preciosa. Esta pedra pertence à um  reino distante cujo vários irmãos  príncipes herdeiros estão se matando para ficar com a coroa. O jovem precisa agora cruzar uma perigosa jornada com a estrela, tendo na sua cola não apenas os príncipes, mas 3 irmãs bruxas que querem comer o coração da estrela. O coração de uma estrela é a única coisa capaz de rejuvenescer as decadentes bruxas.



Genial! Um roteiro enxuto e original, utilizando elementos já conhecidos. Temos bruxas, príncipes, fantasmas, unicórnios, homem transformado em mulher, bode transformado em homem, encantos, romance, muita comédia, cenas sombrias, vodu, e até piratas voadores que vendem raios, porém o capitão é amante de moda e balé! É na mistura de cenas sombrias com um humor negro genial que o roteiro mais acerta. Engraçado como sagas muito famosas como Harry Potter e Nárnia não são tão empolgantes como este filme. Claro que quem está acostumado com filmes redondinhos e padrão vai estranhar Stardust, que é diferente do que você já viu.



Na direção temos o excelente Matthew Vaughn, que provou que sabe adaptar histórias em quadrinhos. Ele também dirigiu Kick Ass - Quebrando Tudo, além de X-Men Primeira Classe. Ele é um dos melhores novos diretores da atualidade. Figurino, maquiagem, iluminação, fotografia, efeitos especias; tudo de primeira linha! Mas os efeitos sonoros e a belíssima trilha sonora se sobressaem. E o que dizer da música final, Rule The World, da banda Take That (ótima banda inglesa de Robbie Williams)? Uma das mais belas canções vindas da Inglaterra. Não é atoa que ela está aqui no meu blog, no playlist ao lado. 

Vídeo clip com a bela canção Rule The World do Take That, 
vale muito a pena ver:


Foto da capa do livro ilustrado.

Quanto ao elenco é incrível como todos se saem bem. O desconhecido Charlie Cox segura o papel de mocinho, Claire Danes prova ser uma estrela inocente e radiante. Mas são dois veteranos que roubam a cena. Michelle Pfeiffer é uma cruel bruxa que quer o coração da estrela, para poder continuar bela eternamente. Aliás, esta atriz é uma das mais belas coroas de Hollywood. Ela tem uma atuação incrível, em momentos cômicos, outros assustadores. O outro que rouba a cena é o veterano Robert De Niro. Ele interpreta o capitão Shakespeare, que na frente da tripulação é durão e mal, mas em particular esconde sua feminilidade e gosto para moda e arte. Até balé ao som de música clássica rola. Mesmo que meio exagerado, sua atuação é ótima. 

Muito bem editado, bem enfeitado e com ótimos ângulos de câmera, o filme é um show. A grande quantidade de personagens distribuídos por 2 horas e 10 minutos não deixa o filme lento em nenhum momento. Sempre há ação, romance, uma mágica ou uma piada rolando. E não posso deixar de falar dos engraçadíssimos fantasmas. A cada um dos irmãos herdeiro que morre, mais um fantasma deles aparece para fazer rir. São hilários e politicamente incorretos. 


E mesmo que esta fantasia seja um filme escapista (para esquecer da realidade e viajar), tem várias morais intercaladas. Nunca desista, você é mais do que parece, entregue seu coração à pessoa certa, e a melhor delas: de nada adianta beleza e vida eterna sem ter com quem compartilhar e amar. Mas essas morais não são apresentadas de forma direta. O filme não é piegas. É uma obra que elogia os contos de fadas, porém contada às avessas.

Stardust - O Mistério da Estrela é daqueles filmes que eu assisto uma  vez a cada 1 ou 2 anos. "O que as estrelas fazem?" pergunta Yvaine; a estrela. A resposta? Elas brilham. É um filme rico em detalhes, e cada vez que assisti-lo perceberá elementos e metáforas diferentes. Mesmo que pouco divulgada ou conhecida, esta obra merece ser vista. Emocionante, cativante, com momentos belos e muito divertidos; Stardust brilha. Um brilho invejado por muitos que querem apenas serem eternos; mas pelos motivos errados e egoístas. Uma lição clara sobre como muitos encaram a vida, e sobre como os que apenas buscam a felicidade nas coisas simples, nos momentos simples e nas pessoas mais inesperadas, acabam brilhando como a mais bela estrela celestial.

NOTA: 10


Como diz um trecho da canção:



Yeah you and me we can ride on a star                    Sim, você e eu, nós podemos montar em uma estrela                
If you stay with me girl,                                            Se você permanecer comigo menina
We can rule the world                                              Nós podemos governar o mundo
Yeah you and me we can light up the sky                 Sim, você e eu, nós podemos iluminar acima do céu
If you stay by my side                                             Se você permanecer ao meu lado
We can rule the world                                             Nós podemos governar o mundo































O Vigilante da Noite

2 comentários :

  1. Eu AMOO Nárnia!!Adoro esse filme,tenho livro e tudo!Mais tenho que confessar que quando vi esse filme (Stardust o Mistério da Estrela) fiquei impressionada,achei que o enredo,os atores,as atrizes,a trilha sonora,tudo muito fantástico!É um filme totalmente diferente,o filme em si não é tão ''original''.Demorei bastante para ver o filme,mais quando vi,não quis mais sair da TV,rsrs.Gosteimuito do seu blog!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mitologia de Nárnia é fantástica. Este filme Stardust é realmente ótimo. Obrigado por seguir o blog, cada seguidor nosso é único e importante. Bjão.

      Excluir