HOMENAGEM A TONY SCOTT E MICHAEL CLARKE DUNCAN


Devido a vários compromissos e agenda cheia, peço perdão por fazer essa homenagem atrasada. Mas não deixarei de fazer já que esses dois caras eram alguns dos que eu admirava.

Tony Scott






No dia 19 de Agosto de 2012, Tony cometeu suicídio ao pular da Ponte Vincent Thomas em Los AngelesEstados Unidos. Um pedestre que testemunhou o ato e chamou a polícia, relatou que o viu se aproximar e pular sem hesitar. Tony deixou uma nota de suicídio em seu escritório. Ele estava com 68 anos e havia sido diagnosticado com câncer terminal no cérebro, inoperável.

Tony Scott, nascido em Stockton-on-Tees21 de Julho de 1944, era britânico e irmão do também diretor Ridley Scott (diretor de Gladiador, Aliens O Oitavo Passageiro e Cruzada), iniciou sua carreira dirigindo comerciais na década de 1970.

Ele conquistou a fama e consagrou o ator Tom Cruise como símbolo sexual com "Top Gun - Ases Indomáveis", um grande êxito comercial de uma carreira dedicada principalmente aos filmes de ação.


Três anos mais tarde, o diretor conseguiu um grande sucesso comercial com "Top Gun", que arrecadou 345 milhões de dólares em todo o mundo. Apenas na América do Norte, a arrecadação chegou a US$ 176 milhões.O filme de vampiros, com um elenco impressionante - Catherine Deneuve, David Bowie e Susan Sarandon -, não foi um sucesso comercial e deixou a aprovação da crítica para o irmão Ridley, que já tinha dois filmes cultuados no currículo, "Alien" (1979) e "Blade Runner" (1982). Com o passar dos anos, no entanto, "Fome de Viver" também passou a ser considerado um cult.
Tony provou que também tinha seu valor e consolidou definitivamente Tom Cruise como um dos grandes astros de Hollywood, depois de seu papel como piloto da Força Aérea dos Estados Unidos.
Os dois retomaram a parceria quatro anos mais tarde com "Dias de Trovão" (1990), no qual o ator troca os caças por um stock-car e as pistas de corrida.
Os dois filmes foram produzidos por Jerry Bruckheimer, na época o rei do cinema de ação de grande orçamento, com quem Tony Scott também rodou "Um Tira da Pesada II" (1987), "Maré Vermelha" (1995) e "Inimigo do Estado" (1998).
Com uma câmera nervosa, Tony Scott foi ao longo da carreira um diretor de filmes de ação, protagonizados por astros de Hollywood: Kevin Costner em "Revenge - A Vingança" (1990), Bruce Willis em "O Último Boy Scout" (1991), Robert De Niro em "Estranha Obsessão" (1996) e Robert Redford e Brad Pitt em "Jogo de Espiões" (2001).
Nos anos 2000, Denzel Washington, com quem já havia trabalhado em "Maré Vermelha", virou o ator assinatura de Scott. A parceria foi vista em "Chamas da Vingança" (2004), "Déjà Vu" (2006), "O Sequestro do Metrô 123" (2009) e "Incontrolável" (2010), o último filme de Tony Scott como diretor.
Apesar de ter trabalhado para os grandes estúdios com roteiros menos ambiciosos que os escolhidos pelo irmão, Tony tinha a mesma inclinação pelo cinema independente e os projetos autorais que Ridley.
Em 1993, dirigiu "Amor à Queima Roupa", com Christian Slater e Patricia Arquette, baseado em um roteiro de Quentin Tarantino, que reservou um agradecimento a Tony Scott nos créditos de "Cães de Aluguel".
Como produtor, apoiou filmes de baixo orçamento como "Corações Perdidos" (2010) ou "Cyrus" (2010).
Também produziu "Prometheus", o filme mais recente de ficção científica do irmão, com quem também desenvolveu as série de televisão de sucesso "The Good Wife" e"Numb3rs" para o canal CBS.
Incansável como Ridley Scott, o cineasta tinha mais de 30 projetos na fila, para dirigir ou produzir, entre eles um "Top Gun 2", no qual Tom Cruise retomaria o papel original.
Tony Scott estava no terceiro casamento, com a atriz Donna Scott, com quem teve dois filhos.

Filmografia: 
Fome de Viver (1982)
Top Gun - Ases Indomáveis (1986)
Um Tira da Pesada II (1987)
Revenge - A Vingança (1990)
Dias de Trovão (1990)
O Último Boy Scout (1991)
Amor à Queima Roupa (1993)
Maré Vermelha (1995)
Estranha Obsessão (1996)
Inimigo do Estado (1998)
Jogo de Espiões (2001)
Chamas da Vingança (2004)
Domino - A Caçadora de Recompensas (2005)
Déjà Vu (2006)
O Sequestro do Metrô 123 (2009)
Incontrolável (2010)
Tony Scott também foi produtor, ao lado do irmão Ridley, das séries de TV "The Good Wife" e "Numb3rs".

Oscar:
1986 - Top Gun - Vencedor do Oscar de Melhor Canção Original
1990 - Days of Thunder - Indicado ao Oscar
Música do clássico Top Gun: aposto que todos que eram jovens no final dos anos 80 e início dos 90 já foram embalados por essa música, Take My Breath Away cantada pela banda Berlin.
Para ouvi-la, primeiro dê pausa no tema de Star Wars ao lado.




Michael Clarke Duncan







O ator Michael Clarke Duncan faleceu no dia 3 de Setembro de 2012 aos 54 anos. Duncan foi internado em 13 de julho deste ano, depois de uma parada cardiorrespiratória, e continuou hospitalizado desde então. 

Antes de se tornar ator, Michael Clarke Duncan foi segurança de alguns astros de Hollywood como Will Smith e Martin Lawrence. Profissão que foi lhe rendendo pequenos papéis em filmes e seriados. Seu primeiro filme foi Fryday em 1995, porém o papel foi tão pequeno que ele sequer foi incluído nos créditos finais. 
As coisas começaram a mudar para Michael Clarke Duncan em 1998, com Armageddon, filme em que ele despertou a atenção de produtores e inclusive do astro do filme, Bruce Willis.
E foi exatamente Bruce Willis que em uma conversa com o diretor e produtor Frank Darabont, indicou Michael para o que viria a ser o papel de maior destaque em sua carreira, John Coffey em À Espera de Um Milagre.
À Espera de Um Milagre foi considerado um dos melhores filmes de todos os tempos, daqueles que você se encanta cada vez que assiste. A atuação em À Espera de um Milagre, que lhe rendeu indicações ao Oscar e ao Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante. Foi seu papel mais incrível.




Após o sucesso em À Espera de um Milagre, Michael vinha aparecendo com freqüência nos cinemas em diversos filmes.
No ano 2000, voltou a atuar com Bruce Willis em Meu Vizinho Mafioso, participou também de Planeta dos Macacos, Spot - Um Cão da Pesada, O Escorpião Rei, Demolidor - O Homem Sem Medo, Perseguição, Sin City - A Cidade do Pecado, A Ilha, Ricky Bobby - A Toda Velocidade, Escola de Idiotas e teve participação em um episódio da série Two and a Half Men (Dois Homens e Meio). Seu último trabalho concluído no cinema foi The Challenger, filme do diretor Kent Moran, atualmente em fase de pós-produção.
Michael Clarke tornou-se vegetariano, tendo inclusive feito um vídeo-propaganda para a PETA (People for the Ethical Treatment of Animals).
Dono de uma voz poderosa, fez dublagens em: a voz de Sam em Como Cães e Gatos, dois anos mais tarde foi a voz de Tug em Irmão Urso, em 2006 voltou a fazer a voz de Tug em Irmão Urso 2. No ano de 2007 fez a voz do Titã Atlas no jogo God of War II. Em 2011 fez a voz do alienígena Kilowog em Lanterna Verde.
Confira o que algumas celebridades disseram a respeito da morte de Michael Clarke Duncan:
Tom Hanks (ator)
“Eu estou terrivelmente triste pela perda do Big Mike. Ele era o tesouro que nós descobrimos no set de ‘À Espera de um Milagre’. Ele era mágico. Ele era um homem cheio de amor e sua morte nos deixa sem reação”.
MC Hammer (rapper)
“Um dos melhores entre os homens na Terra. Um gigante gentil. O amava. Pura graça e classe. Descanse em paz meu amigo”.
Zachary Levi (ator)
“Fui abençoado em ter a oportunidade de trabalhar com Michael Clarke Duncan enquanto ele ainda estava conosco. Ele era uma alma bondosa que fará falta”.
Gabrielle Union (atriz)
“Um homem tão doce e bondoso :(" 
Michael Ealy (ator)
“Descanse em paz Michael Clarke Duncan. Já sinto a sua falta irmão!”
Jordin Sparks (cantora e atriz)
“Descanse em paz Michael Clarke Duncan. Obrigado por ser tão bondoso comigo e por dividir seu talento com o mundo. Você realmente fará falta”.
Dule Hill (ator)
“A vida é tão preciosa. Um irmão talentoso e um espírito bondoso. Descanse em paz Michael Clarke Duncan”.
Niecy Nash (comediante e atriz)
“Descanse em paz Michael Clarke Duncan. Nós compartilhamos alguns ótimos momentos! Te vejo do outro lado amigo... @OMAROSA rezando para você e a sua família".
Mario Lopez (apresentador de TV e ator)
“Descanse em paz Michael Clarke Duncan...Um dos caras mais legais e profissionais que eu já tive o prazer de conhecer. Tão triste...”.
Michael Chiklis (ator)
“Descanse em paz Michael Clarke Duncan. :.(" 
Robert Ebert (crítico)
“Michael Clarke Duncan morre aos 54 anos. Uma presença marcante na tela”.
Dwayne Johnson (ator)
“’Quando algo acontece, sempre dizemos que acontece por algum motivo’, Michael Clarke Duncan 12/10/57 - 9/3/12 Eu vou sentir sua falta, irmão”.
Olivia Munn (atriz)
“Michael Clarke Duncan sempre tinha um sorriso no rosto e um grande abraço de urso pronto para você. Meus pensamentos e preces ficam com a família e amigos. RIP”.
Steve Harvey (apresentador)
“Vou sentir falta do meu amigo, Michael Clarke Duncan. Que incrível soldado no plano de Deus”.
Alexa Vega (atriz)
“Eu estou chocada e de coração partido ao saber da morte de Michael Clarke Duncan. Que homem de qualidade. Tanto em sua vida quanto em seu trabalho”.
Katharine McPhee (cantor e atriz)
“Ahhh... Michael Clarke Duncan eu te amava! À Espera de um Milagre era épico. RIP doce gigante”.


Filmografia resumida:
Politicamente Incorreto/1998
Os Estragos de Sábado à Noite/1998
Armageddon/1998
À Espera de um Milagre/1999
Meu Vizinho Mafioso/2000
Spot - Um Cão da Pesada/2001
Como Cães e Gatos/2001
Planeta dos Macacos/2001
O Escorpião Rei/2002
Demolidor - O Homem sem Medo/2003
Irmão Urso/2003
George, o Rei da Floresta 2/2003
D.E.B.S./2004
Deu Zebra/2005
Sin City: A Cidade do Pecado/2005
Os Produtores/2005
A Ilha/2005
Bud: Uma nova Cãofusão/2006
Ricky Bobby - A Toda Velocidade/2006
Irmão Urso 2: Os Alces estão Numa Boa/2006
Escola de Idiotas/2006
Mimzy - A Chave do Universo/2007
Pacto Quebrado/2007
Um Sonho Dentro de Um Sonho/2007
Delgo/2007
O Bom Filho À Casa Torna/2008
Comendo Pelas Beiradas/2009
Street Fighter: A Lenda de Chun-Li/2009
A Cruz/2011
Lanterna Verde/2011


Trailer e depois uma cena de À Espera de Um Milagre:






Obrigado Tony Scott pelos seus filmes de ação inquietantes. E obrigado Michael Clarke Duncan por seus filmes onde se detacava seu tamanho grande mas com olhar humilde; valeu grandão.Fica aqui minha homenagem a dois caras incríveis, que farão falta no cinema. 

O Vigilante da Noite

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário