CHARLIZE THERON EM DOSE DUPLA: CRÍTICAS DE PROMETHEUS E BRANCA DE NEVE E O CAÇADOR

Essa semana a atriz Charlize Theron apareceu em dois grandes lançamentos que assisti. Ela atualmente está em alta, recentemente fez o ótimo Jovens Adultos. Agora falarei de seus 2 blockbusters.

Prometheus





Elenco:  Noomi Rapace, Michael Fassbender, Charlize Theron, Guy Pearce, Idris Elba, Patrick Wilson, Rafe Spall, Logan Marshall-Green, Kate Dickie, Sean Harris, Emun Elliott.

Enredo: o visionário diretor Ridley Scott retorna ao gênero que ele ajudou a definir, criando um épico de ficção-científica original em um dos lugares mais perigosos do universo. O filme une uma equipe de cientistas e exploradores em uma jornada que testará os limites físicos e mentais, coloncando-los em um mundo distante, onde eles descobrirão as respostas para nossos dilemas mais profundos e para o grande mistério da vida. Aqui somos apresentados a uma equipe de exploradores que descobrem uma pista para a seguinte questão: a origem da humanidade na Terra! Isso acaba os levando a uma aventura interplanetária nos lugares mais complexos que habitam o universo. Chegando em seu destino, os tripulantes da "Prometheus" terão que enfrentar uma batalha cruel e dolorosa para tentar salvar o futuro da raça humana.

Trailer: para assisti-lo dê pausa no tema de Star Wars ao lado.




Sempre gostei dos filmes de Ridley Scott, sempre achei ele visionário. Já fez clássicos, verdadeiras obras primas, como Alien, Blade Runner, A Lenda (lançou Tom Cruise), 1492 A Conquista do Paraíso, Gladiador e Falcão Negro em Perigo. Mas todas suas obras merecem atenção, como Cruzada e o novo Robin Hood. Eis que em 2012 ele retorna às suas raízes, o gênero que o consagrou: as ficções científicas. Misturando questões sobre a origem e o fim da vida, religião e Deus, filosofia e estudos do psicológico humano, eis que nasce a inesperada pré sequência de Aliens!

Isso mesmo, a famosa saga que consagrou o diretor e a atriz Signore Weaver está de volta nesse filme que "prometia", e mesmo não entregando tudo que podia, cumpriu sua promessa e acaba sendo o grande filme espacial do ano. O roteiro transborda questões do início ao fim. O roteiro abusa do estudo da mente e do comportamento humano.

Com um elenco de dar inveja, o filme já manda bem por aí. Como casal de cientistas estão a protagonista e heroína (bem comum nesses filmes)  Noomi Rapace (da trilogia sueca Millennium) e o menos conhecido Logan Marshall-Green (parecidíssimo com Tom Hardy). Noomi segura o filme como protagonista e Logan tem momentos ambíguos, no qual não entendemos suas ações. Sua atuação está ótima. Destaque pros momentos em que ele atua em silêncio, seus olhos dizem tudo: grande cena. Charlize Theron aqui é a capitã malvada e fria, mostrando sua grande versatilidade. Theron brilha em cena.  Guy Pearce, mesmo que aparecendo pouco, tem papel fundamental na trama. Sua personagem prometia ser um louco insano, pena que pouco usado. E mais uma vez  Michael Fassbender rouba o filme para si. O alemão é considerado um dos melhores atores da atualidade. Quem ainda não sabe ele é o jovem Magneto em X-Men Primeira Classe, além de filmes badalados como À Toda Prova, Shame, Um Método Perigoso e Centurião. Aqui ele interpreta um androide à serviço da empresa de expedição. Engraçado que ele é mesmo um robô, pois seu papel serve para ambos lados. Ao mesmo tempo que ele salva a mocinha do filme, ele trabalha para os vilões. Ele apenas faz o que é programado para fazer. E mesmo assim há momentos em que ele assume características humanas, mesmo que de maneiras  robóticas. Simplesmente incrível!


                                     




Os efeitos especiais são ótimos mas sem exageros, mantendo o clima reflexivo, sombrio e sério que Ridley propõe. Os efeitos sonoros talvez sejam de mais impacto, com sons de máquinas, controles, alienígenas e turbinas de naves. O ambiente dos Projetores (quem assistir sabe do que falo) é climatizado de maneira incrível. Eu dividiria Prometheus em 2 etapas: a primeira metade de suspense, discussões levantadas e exploração de ambiente novo. A segunda metade é um estudo da reação humana diante do medo, do desconhecido, como reagimos quando tudo sai de controle. Há simplesmente um show de cenas bizarras, como mutilações, explosões, cremação, aliens e até uma cesariana do outro mundo.Tudo muito bem colocado.

                                              

Lembrando em alguns momentos os filmes do excelente diretor Stanley Kubrick, Prometheus lança uma série se dúvidas sem responder quase nada.
Talvez por isso uma série de pessoas não tenham gostado do filme, chegando 
até mesmo a dizer que apenas "Prometheus" e não cumpriu. Eu discordo. Acontece que 
esse não é um filme para preguiçosos mentais. Prometheus é entretenimento inteligente,
intrigante, provocativo, que não apenas tem bons efeitos e mortes bizarras, mas antes 
nos apresenta um roteiro incrivelmente reflexivo e perturbador. Ridley Scott é um diretor
 versátil e atemporal, que mais uma vez nos blinda com seu melhor. Prometheus é de tirar 
o fôlego!

NOTA: 10






  
  

  

























Branca de Neve e o Caçador





 Elenco: Kristen Stewart, Charlize Theron, Chris Hemsworth, Bob Hoskins, Ray Winstone, Ian McShane, Toby Jones, Nick Frost, Sam Claflin, Eddie Marsan, Lily Cole, Vincent Regan.

Enredo: Branca é uma incrivelmente bela jovem com cabelos escuros, peles claras, e lábios avermelhados. A beleza de Branca de Neve é o seu maior problema, pois quando ela vira a mais linda de todas, ela se transforma em uma ameaça para sua Madrasta, Ravenna.
Porém, o que a malvada tirana nunca imaginou, é que a jovem que ameaça seu reinado vem treinando a arte da guerra com o caçador (Chris Hemsworth, Thor), que foi enviado para matá-la. Sam Claflin (Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas) se une ao elenco como o príncipe há muito tempo encantado pela beleza e pelo poder de Branca de Neve.

Trailer: para assisti-lo dê pausa no tema de Star Wars ao lado.


Mais uma vez a famosa fábula de Branca de Neve vai para os cinemas. Depois de uma versão cômica chamada Espelho Espelho Meu, também em 2012 sai Branca de Neve e o Caçador. Esse por sua vez é uma fábula mágica extremamente sombria e com características de batalhas épicas.

O roteiro apresenta quase todo tempo os clichês desse tipo de filme. Há similaridades com Alice no País das Maravilhas de Tim Burton. Mas alguns pontos inovadores do roteiro são a utilização de 8 anões ao invés de 7, o assustador irmão e braço direito da rainha má e o drama pessoal do caçador. Esses elementos foram desenvolvidos e deram um diferencial à trama. Um ponto realmente negativo é a atuação de Kristen Stewart, ela definitivamente tem problemas para passar características de heroína. Até que no final quando ela bota armadura e cai na batalha ela quase convence. Mas não o suficiente para ter uma boa atuação.

O restante do elenco manda bem. Chris Hemsworth segura a onda de Caçador com perfeição. Os 8 anões são um time de excelentes atores veteranos, dando um sabor à mais. Os efeitos sonoros são bons e a trilha sonora é linda.

Bônus: música Breath Of Life de Florence + The Machine






Como pontos mais positivos falarei primeiro dos efeitos especiais. São simplesmente incríveis. Efeitos de câmera lenta, objetos em 3D, tons claros e escuros, criaturas em computação e transformações radicais; tudo de encher os olhos. O exército fantasma no início do filme, o espelho mágico, os guerreiros de caco de vidro e os elementos mágicos e obscuros em volta da rainha má; tudo incrivelmente impecável e de tirar o fôlego.

O outro ponto positivo, e diria que o maior deles é a própria rainha má. Charlize Theron arrebenta, só por ela o filme já vale. Ela definitivamente é mais bela que a Branca de Neve. Sua atuação é espetacular, carregando o filme e os elementos sombrios nas costas. Ela é realmente cruel, e por motivos fúteis: inveja por beleza e juventude.

Mesmo que merecendo uma protagonista melhor, Branca de Neve e o Caçador vale a pena por ser visualmente belo, com cenas eletrizantes, renovando essa clássica história. E claro, pela atuação e real beleza de Charlize Theron, que absurdamente arrasa e prova que está em alta. Com certeza ela fechará como uma das mais bem pagas atrizes de 2012.

NOTA: 8















  











O Vigilante da Noite

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário