POR TRÁS DO TERROR: CRÍTICA DE THE CABIN IN THE WOODS





Que os filmes de terror perderam seu charme não é novidade. Mas de vez em quando surge algo um pouco "diferente". Sempre curti filmes inovadores e confusos de início, que exigem um pouco mais de raciocínio e mente aberta para entendê-lo. The Cabin in the Woods (ou O Segredo da Cabana no Brasil) consegue ser bem diferente de tudo que já foi feito, e faz isso usando todos os clichês do terror.

Enredo: Um grupo de amigos vai para um retiro em uma cabana, lá eles descobrem algo horrível que só começa a ser compreendido quando o tempo já está se esgotando. Misto de terror com paródia, como em 'Pânico', o filme brinca com os clichês clássicos do terror-de-cabana, como o casal que morre fazendo sexo, ou que recebe avisos de um idoso esquisito e fatalmente ignora, ou que é perseguido e se separa dos demais e caba morrendo.Todos clichês explorados ao máximo.

O que tem de inovador então? Muito! O motivo de tudo acontecer é extremamente inteligente e surpreendente, com muitas críticas. O filme tem um ar de elogio a todos filmes de terror. Existe uma crítica aos reality shows. Enfim não tem como falar do filme sem largar spoilers. Portanto se você não viu o filme pare de ler agora!



O motivo de tudo é genial. Já vou avisando que a maioria irá odiar. Existe uma ambiguidade no filme. Porque? Simplesmente pelo fato do filme brincar com o gênero terror: todos monstros assassinos e criaturas estão aprisionados em um local, uma espécie de empresa corporativa, e essas criaturas são acalmadas com vítimas, sim aquelas pessoas que sempre morrem nos filmes de terror. Existem regras: entre os jovens que vão parar na cabana, a promíscua, o drogado, o intelectual e o atleta devem morrer. E a virgem deve sobreviver. Numa espécie de aposta, a empresa controla tudo, ao mesmo tempo que assistem tudo como em um reality show. Todo o banho de sangue funciona como uma maneira de acalmar deuses antigos num tipo de ritual pagão. Genial, diferente e impressionante. Com efeitos especias muito acima da média para esses filmes, elenco afinado e veteranos de primeira qualidade, até no sentido crítico o filme agrada.

A equipe é a mesma de Cloverfield O Monstro e o seriado Lost, e o roteirista é Joss Whedon, se você não sabe ele é o diretor de Os Vingadores! O filme é engraçado de maneira inteligente, critica de maneira indireta a maneira que os reality shows são manipulados pela equipe de produção, tem uma pitada de mitologia grega, muita ação e correria, ótima direção e efeitos especiais, além de um banho de sangue final! É um filme para quem é nerd ou entende de filmes de terror. Faz-se referências à Anaconda, Hellraiser, Sexta-feira 13, filmes de lobisomens, vampiros,  fantasmas orientais e tudo que você já viu nesse tipo de filme. Por isso digo que bem poucos gostarão. Tem que ter mente aberta para entender o que o diretor quer passar, pois tudo é uma grande brincadeira e homenagem aos filmes de terror.

Em um ano que até agora foi fraco para o terror (o melhor até agora foi o dramático O Despertar), esse filme se destaca muito. Se você já está acostumado com todos os clichês do terror, curti piadas inteligentes (não fazem rir mas pensar um pouquinho), diálogos do filme dentro do filme, um pouco de mitologia e quer ver um diretor brincar com você, assista o mais rapidamente possível O Segredo da Cabana. Altamente recomendado para quem quer um entretenimento que deveria ser bobo, mas se aproveita disso para ser inteligente! E você já sabe: clichês podem ser quebrados, se você não é virgem pode acabar sobrevivendo mesmo assim...

NOTA: 10











Aqui os 2 trailers do filme:

Trailer 1:


Trailer 2:





O Vigilante da Noite

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário