OS VINGADORES - SONHO NERD REALIZADO




Épico, surreal, supremo, extraordinário! Ual! Essas são as expressões que fiz e pensei ao sair da sala de cinema em Maio após assistir a um dos filmes mais esperados do ano. Os Vingadores bateu todas expectativas, se tornando o melhor filme de super herói de todos os tempos. Também está como a terceira maior bilheteria da história (perdendo para Titanic e Avatar). Não é pouca coisa considerando os milhares de filmes que existem.

Os motivos de sucesso são muitos: o filme atraiu fãs de HQ's, de ação, de filmes "blockbusters", ficção científicas, alienígenas, fora os super heróis. E nesse ponto temos os fãs de Homem de Ferro, Thor, Capitão América, Hulk, Viúva Negra e Gavião Arqueiro. Fora todo universo S.H.I.L.D.E.  Ao ver o filme percebemos o brilhantismo dos estúdios Marvel e seu principal produtor Stan Lee de fazer com que todos filmes anteriores culminassem nessa obra prima da fantasia. A trama é perfeitamente amarrada, a ação flui normal com o desenvolvimento da história, a invasão alienígena ocorre na hora certa. Os exageros na ação ocorrem só no final, deixando o início e o meio do filme para uma boa trama. As questões pessoais dos heróis são exploradas de maneira competente. Cada um deles tem seu destaque e importância, estando muito bem colocados.

O roteiro além de trabalhar bem com todos personagens, tem outras duas características. A primeira é o ótimo senso de humor, onde grande parte vem de Tony Stark (Homem de Ferro) e Bruce Banner (Hulk). O segundo aspecto seria as excelentes jogadas que o diretor brinca, como o momento em que a câmera vira de cabeça para baixo quando todos estão brigando, o caos na fortaleza aérea e as figurinhas do agente, que acaba desencadeando os eventos que levam aos atos heróicos. Pura nostalgia contada de maneira inteligente. Lembrando que esse é o primeiro Hulk cujo ator (Mark Ruffalo) é bem recebido pela crítica e pelo público. Ele está incrivelmente bem interpretado e surpreendentemente engraçado. E Robert Downey Jr. rouba o filme para si várias vezes. O Homem de Ferro é o cara. Os demais heróis também tem sua importância. E não tem como não falar dela: a maravilhosa Scarlett Johansson. Linda e gostosona na roupa de heroína, mas durona e invencível nas brigas, ela brilha nas cenas em que aparece. O elenco todo em sintonia! Inclusive Loki (Tom Hiddleston), o vilão. O ator passa a imagem de um perfeito vilão poderoso mas desequilibrado, com seus dramas pessoais e características de humor negro. Em algum momento chegamos a simpatizar com ele. Perfeito.











Esse foi um sonho nerd realizado. O filme do ano foi a junção de vários sonhos cinematográficos. E toda parte técnica colaboraram muito bem. Os efeitos especiais são realmente soberbos, trilha sonora afiada, figurinos bacanas para os heróis e vilões, tudo muito bem organizado. Até as lutas e sequencias de ação foram extremamente bem elaboradas. A destruição em massa no final é perfeita. Ao contrário da bagunça de muitos filmes na hora da ação, esse nos apresenta cenas impressionantes visualmente, mas muito bem orquestradas pelo diretor. E isso é uma raridade. Mas não deixa de ser megalomaníaco, grandioso e audacioso. Quando se sonha alto existe o perigo de tombo grande. Aqui não é o caso! Tudo é muito bem feito e acerta o alvo.

Não é um filme, é um presente ao mundo. Nerd's e fãs de bons filmes do mundo todo agradecem ao diretor Joss Whedon pelo filme espetacular. Lógico que um filme desses precisava ser dirigido por um nerd. Eis que surge esse Joss Whedon e nos blinda com uma das mais espetaculares fantasias do cinema. O cara sabe o que faz. Tão cedo esse filme não sairá da cabeça da molecada. E acredito que dos grandes também, já que foi sucesso de crítica absoluto. Outros bons filmes surgiram esse ano, mas não batem a equipe da Marvel.

Encerrando minha crítica digo que saí do cinema impressionado. Espero que o segundo em 2015 seja à altura. E espero que Os Vingadores concorra ao Oscar 2013 pelo menos em efeitos especiais. Merece e por mim e pelo mundo inteiro digo que já ganhou. Como superar esse filme? Será difícil, e até prefiro que não aconteça. Definitivamente 2012 é o ano de Os Vingadores.

NOTA: 1000

















O Vigilante da Noite

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário