Especial: 10 diretores para o Oscar 2019



O Oscar 2019 ainda está muito longe, mas como os trailers de vários filmes da próxima temporada de premiações começaram a sair e os Festivais prévios ao Oscar estão chegando (Veneza, Toronto e Nova York), resolvemos comentar um pouco sobre 10 diretores que estão na mira dos prêmios. Sabemos que às vezes o Oscar costuma ser imprevisível, mas é bem provável que a gente veja entre os cinco indicados ano que vem, alguns desses nomes. Confira:

Damien Chazelle - First Man


Com seus dois últimos longas muitos celebrados pela Academia, Damien Chazelle é um dos grandes favoritos ao próximo Oscar. Após conquistar o prêmio de Melhor Direção por La La Land: Cantando Estações, ele vai dirigir esse drama espacial que conta a história do primeiro homem a pisar na Lua. Ryan Gosling será o protagonista e o elenco ainda conta com Claire Foy, Kyle Chandler, Corey Stoll e Jason Clarke.



Spike Lee - BlacKkKlansman


Premiado recentemente pela Academia com um Oscar honorário, Lee dirige esse filme que conta a história de um policial negro que conseguiu se infiltrar na Ku Klux Klan e se comunicar com os membros desse grupo racista através de cartas e telefonemas, mas quando marcava encontros pessoalmente, mandava um amigo policial branco no seu lugar. Muito elogiado em Cannes, o filme venceu o Grand Prix e é um dos favoritos ao Oscar ano que vem.



Adam McKay - Backseat


Se fosse há alguns anos atrás, McKay estaria fora de todas as previsões, mas como A Grande Aposta quase venceu o Oscar e ele foi indicado na categoria de direção, podemos esperar muita atenção de Backseat nos prêmios. O filme vai contar a história do ex-vice-presidente do EUA, Dick Cheney, que foi considerado um dos principais apoiadores da Guerra do Iraque e conta com um elenco principal ótimo, com Christian Bale, Amy Adams, Steve Carell, Bill Pullman e Sam Rockwel.



Yorgos Lanthimos  - The Favourite



O diretor grego é uma das principais revelações do cinema de autor dos últimos anos e The Favourite é um dos filmes que pode aparecer em Veneza esse ano. Uma relação polêmica nos reinos antigos da Inglaterra e três atrizes muito competentes (Olivia Colman, Rachel Weisz e Emma Stone) devem ser o suficiente para levar o ótimo diretor grego para o Oscar.



Barry Jenkins - If Beale Street Could Talk


Moonlight: Sob a Luz do Luar pode ter surpreendido a todos quando venceu o Oscar de Melhor Filme há duas temporadas, mas a verdade é que é um filme excelente e a direção do filme é quase única. If Beale Street Could Talk contará a história de uma jovem grávida que luta para livrar seu marido de uma acusação criminal injusta e que lida com o racismo, tema perfeito para o Oscar né?!



Marielle Heller - Can You Ever Forgive Me?


Marielle dirigiu O Diário de uma Adolescente, um filme independente muito elogiado pela crítica especializada. Agora em Can You Ever Forgive Me?, ela vai dirigir Melissa McCarthy em um papel mais dramático, onde ela se vê com problemas financeiros e começa a trapacear dentro da sua profissão de jornalista para conseguir dinheiro.



Bradley Cooper - A Star is Born


Cooper é um estreante na direção, mas após o primeiro trailer de A Star is Born, a expectativa em torno do filme cresceu e muito. Lady Gaga fez um péssimo trabalho em American Horror Story: Hotel, mas até Globo de Ouro venceu, então, podemos esperar as premiações babando em sua performance. Musicais também costumam render indicações para a direção, então Cooper pode surgir sim entre os cinco indicados.



James Gray - Ad Astra


Só por ter dirigido Z: A Cidade Perdida, Gray merecia todos os prêmios desse planeta, mas o que pode levá-lo a ser indicado ao Oscar, ainda que seja uma possibilidade distante, é que seu filme parece promissor. Ad Astra trará Brad Pitt como um engenheiro espacial que quer atravessar a galáxia para descobrir o que aconteceu com seu pai astronauta algumas décadas atrás. Um drama espacial, coisa que a Academia tem aprovado nos últimos tempos.



Joel Edgerton - Boy Erased



Após dirigir um sucesso (O Presente), Joel se volta para um projeto mais sério e que parece ser promissor. Em Boy Erased, um jovem homossexual será obrigado a participar de uma terapia para reverter sua sexualidade, já que seus pais são evangélicos e altamente preconceituosos. Lucas Hedges, Nicole Kidman, Russell Crowe e o próprio Joel fazem parte do elenco.



Josie Rourke - Mary Queen of Scots


A estreante em filmes, tem uma vasta experiência adquirida no teatro e como filmes épicos de guerra em reinos antigos sempre agradam os votantes da Academia, podemos ver Josie figurar entre os indicados. Vamos esperar grandes embates entre Margot Robbie e Saoirse Ronan.



E aí, ansiosos para o Oscar? Qual diretora ou diretor vocês querem ver indicados? Deixe seu comentário e não esqueça de nos acompanhar nas redes sociais.


Yago Tanaka

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário