Top 15: Séries DIFERENTONAS escondidas na Netflix


Quer assistir a uma série diferente na Netflix e não tem ideia do que escolher? Então pega seu banquinho e chega mais, que fizemos uma listinha bombástica só com séries diferentonas dignas de maratona para você aproveitar!

1 – The Good Place (2016/2017)


Filosófica e inteligente, The Good Place conta a história da protagonista, Eleanor  Bishop (Kristen Bell), uma jovem egoísta, que descobriu estar morta e foi enviada ao céu, que ela acredita ser por engano. Neste céu peculiar, Eleonor faz amizades importantes e levanta questões sobre sua existência. Da fotografia ao roteiro, você terá grandes surpresas com esta série.

2- Unbreakable Kimmy Scmidt (2015/2016/2017)


Uma das séries mais malucas de comédia que a Netflix já fez, é para que você assista desinteressado e rir um pouco de como coisas insanas podem até ser reais. Estrelada por Ellie Kemper (Kimmy) e Tituss Burgess (Tituss), conta como Kimmy foi sequestrada por um pastor maluco e aprisionada num bunker durante 15 anos. Depois que a protagonista foi resgatada, recomeçou sua vida na Cidade de Nova Iorque. Completamente divertida e impossível, vai render ótimas risadas.

3 -Ozark (2017)


Saudades de uma trama à lá Breaking Bad? Jason Bateman, como Marty Byrde, é um contador e Wendy Byrde (Laura Linney), sua esposa, são ameaçados por traficantes e precisam lavar muito dinheiro de forma rápida. Mudam-se então para o uma comunidade de resort de verão situada nos montes Ozarks, Missouri, e começam um esquema de corrupção forçada.

4 - Crazy EX-Girlfriend (20015/2016/2017)


Se você procura uma protagonista toda fora dos padrões, assista Crazy Ex Girlfriend. Rebecca Bunch (Rachel Bloom) é a protagonista da série, uma mulher inteligente, empoderada, sem o corpo ideal, que larga sua vida em Nova York e vai em busca de seu primeiro amor em uma cidadezinha do interior. As loucuras que ela faz para conseguir conquistá-lo são tão hilariantes que, às vezes, podem até nos remeter a como agimos de maneira maluca com alguns de nossos(as) ex-namorados(as). De tão diferente que é a serie, nos episódios têm pequenos clipes musicais com paródias ou temas sarcásticos. Divirta-se com a evolução da vida sentimental de Rebecca.

5 - Lovesick (2014/2016/2018)


Uma série que pode ser considerada drops (com episódios curtos), conta como Dylan vai atrás de todas suas ex-parceiras motivado por contar que possui uma doença sexualmente transmissível. A fotografia é show, os personagens são cativantes e a trilha vale a pena.

6 - Arrested Development (2003/2004/2005/2013/2018*)


A série é antiga, porém atemporal. Foi exibida originalmente pela FOX, de novembro de 2003 a fevereiro de 2006, sofreu um revival em 2013 pela Netflix, que recentemente reeditou a temporada, deixando novamente nos moldes que era. Conta como Michael Bluth (Jason Bateman) salvou sua família, anteriormente rica, da falência, após seu pai, George Bluth (Jeffrey Tambor), ser preso por sonegar impostos. Cada membro disfuncional da família é um show à parte. Com piadas inteligentes, um narrador que se intromete na história para fazer flashback, câmeras portáteis que tremem, microfones que aparecem no melhor estilo sitcom
A quinta temporada será lançada em 27 de maio de 2018, pela Netflix. (Trailer ao final da lista)  

7 - Merli (2015/2016)


Produzida pela TV3 (Catalonia), conta a história sobre um professor de filosofia que, usando alguns métodos pouco ortodoxos, incentiva seus alunos a pensarem livremente - dividindo as opiniões da escola -. Cheia de citações filosóficas e questões existenciais, acompanhe a jornada deste professor que convence adolescentes padrões a se destacarem no mundo atual.

8 - Please, Like Me (2013/2014/2015/2016)


Uma dramédia LGBT australiana escrita e estrelada por Josh Thomas, que conta trechos da vida do próprio ator. Com uma música de abertura delicinha, episódios curtos e humor sarcástico, confira um pouco da vida de Josh e entenda um pouco de temas delicados como homossexualidade, distúrbios mentais e solidão de uma maneira leve e divertida, semelhante aos filmes franceses.

9 -The Fosters – Familia Adotiva (2013/2014/2015/2016)


Uma família diferente, formada por duas mães Stef (Teri Polo) e Lena (Sherri Saum), com filhos adotivos, além do original de Stef. Questões familiares relevantes e temas delicados como amor entre irmãos adotivos ou homossexualidade são retratados na série. Confira como seria viver em uma família enorme e que quebra padrões.

10 - Crashing (2017)


Já imaginou como seria viver em uma “ocupação” ou prédios abandonados? The Crashing conta como um grupo de pessoas que vivem em um hospital abandonado (denominados guardiões), pagando um aluguel baixo. Cada cenário da casa adaptada é uma surpresa, pois os personagens tentam humanizar um prédio sem vida. Vizinhos malucos, situações que nos recordam da juventude e, com certeza, zero privacidade, fará você rir um pouco em meio ao caos.

11 - Lady Dynamite (2016/2017)


Esta série,  mostra a completa confusão que é a vida de Maria Banford (por ela mesma), baseada em alguns fatos de sua vida. Maria é uma atriz, diagnosticada com transtorno bipolar, portanto possui uma visão de vida exagerada e excêntrica. Você não saberá o que é real ou não, pois na cabeça dela, tudo é realidade.
  

12 - Chewing Gum (2015/2017)


Michaela Coel é jovem Tracey, uma jovem de 24 anos criada à rédeas curtas pela mãe religiosa.  Tracey não conhece nada sobre a vida e relacionamentos. Quando resolve fazer sexo pela primeira vez, não tem ideia do que esta fazendo. Também semibiográfica, a série mostra a inocência pela falta de informação com absurdos divertidos.


13 - Haters Back Off (2016/2017)


Miranda (Colleen Ballinger,) é uma atriz/cantora/mágica/dançarina/sex simbol, baseada em um personagem de canal do Youtube da própria atriz que, na verdade, acredita que sabe fazer tudo isso, mas falha miseravelmente. Sua família esquisita a incentiva em suas conquistas, tanto que ela se torna uma youtuber famosa. 



Crítica aos “idiotas que governarão o mundo”, como diria o filme Idiocracy, Miranda é tão irritante que não se sabe se a atriz está interpretando realmente a personagem ou se ela é assim mesmo (palmas para Colleen)! Totalmente nonsense, essa comédia pode te fazer rir ou chorar (literalmente).

14 - Dirk Gently -  Holistic Detective Agency (2016/2017)


Tudo está conectado, diz a frase principal da série. Com uma mistura de  sobrenatural e ficção científica, baseada nos livros homônimos de Douglas Adams, conta as desventuras de um detetive holístico, Dirk (Samuel Barnett),  que convence Todd (Elijah Wood) a ajudar na resolução de seus casos (semelhante a série Dr Who). Nesta série tudo pode acontecer!

15 - Bojack Horseman (2014/2015/2016/2017)


Bojack é um desenho. Por que eu recomendaria um desenho? Porque é a melhor série comédia-dramática profunda em desenho que eu conheço. O personagem principal é um cavalo ator (meio homem) e ex-celebridade de um sitcom dos anos 90. Neste universo, pessoas e animais humanizados vivem em harmonia. 



A série mostra como a vida das celebridades de Holywoo podem ser chatas e vazias. Levanta muitas questões filosóficas e alegóricas (dos animais), que nos fazem pensar sobre a vida. Não é simplesmente uma animação, aborda temas como drogas, depressão, ansiedade e solidão. É uma lição de vida.  



Bônus: Trailer Arrested Development - 5ª Temporada


E você, já assistiu alguns da lista? Qual mais gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar com os amigos!

@LillyDzura

Criativa, Cinéfila, Curiosa, acredita que os filmes influenciam em sua vida como lições que podem ser aprendidas sem que aquilo tenha acontecido em sua vida. Acha que toda história tem dois lados e que sempre há alguma coisa de bom para ser aprendido no que deu errado.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário