Notícia: Jim Carrey não será julgado em suicídio da ex-namorada



O ator e comediante Jim Carrey não será julgado no caso de suicídio da ex-namorada Cathriona White. O processo, que vem se desenrolado desde 2013, foi arquivado no dia 25 deste mês. Jim vem sendo acusado nos últimos três anos de contribuir para a morte da ex-namorada. A maquiadora morreu no dia 25 de setembro de 2015, cometendo suicídio após o término de namoro com Jim. Antes, em 2012, ela também teria tentando outro suicídio, após a morte de seu pai.

Recentemente, o advogado e ex-marido de Cathriona, Mark Burton, encontrou evidências de que Jim teria imergido Cathriona ao mundos das drogas, inflamando ainda mais a overdose sofrida pela maquiadora.

Os advogados de ambas as partes não entraram em mais detalhes sobre o caso. Jim Carrey espera novamente brilhar nas telonas e voltar de vez a trabalhar e seguir a vida rotineira do cinema. Atualmente, o ator está envolvido em dois novos projetos. As séries Kidding, junto com Michel Gondry, e I'm Dying Up Here, onde é o produtor responsável.

E você, o que espera de Jim Carrey a partir de agora? Ele vai retomar de vez a excelente carreira ou ainda permanecerá impaciente com toda essa história? Comente e não deixe de navegar em nossas redes sociais!


Fagner Ferreira

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário