Notícia: Woody Allen rebate sua filha após acusações de assédio sexual



Após novas declarações de sua filha Dylan Farrow, Woody Allen rebateu novamente todas as acusações sobre assédio sexual.
"Quando essa alegação foi feita pela primeira vez há 25 anos, ela foi investigada minuciosamente pela Clínica de Abuso Sexual Infantil do Hospital Yale-New Haven e pelo Bem-estar da Criança do Estado de Nova York. Ambos investigaram durante meses e concluíram de forma independente que não houve molestamento. Em vez disso, eles acharam provável que uma criança vulnerável tinha sido treinada por sua mãe irritada a contar a história durante um término controverso.
O irmão mais velho de Dylan, Moses, disse que testemunhou sua mãe fazendo isso - treinando Dylan de forma severa, tentando colocar na cabeça dela que seu pai era um perigoso predador sexual - e, infelizmente, tenho certeza que Dylan realmente acredita no que diz.
Contudo, mesmo que a família Farrow esteja usando de forma cínica a oportunidade oferecida pelo movimento da Time's Up para repetir essa acusação infame, isso não faz com que a alegação seja mais verdade hoje do que no passado. Nunca molestei minha filha, como todas as investigações concluíram um quarto de século atrás."
A filha de Woody Allen ainda criticou pessoas que trabalharam com ele recentemente em filmes, como o cantor Justin Timberlake e a atriz Blake Lively, após a cerimônia do Globo de Ouro 2018
E você, acha que a Woody Allen é inocente em mais uma acusação da filha? Comente e não deixe de navegar em nossas redes sociais!

Fagner Ferreira

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário