Notícia: Jennifer Lawrence faz declaração sobre 'Operação Red Sparrow'


Em 2014 Jennifer Lawrence (Mãe!), junto com outras personalidades famosas de 'Hollywood', sofreram nas mãos de hackers quando fotos íntimas foram expostas em um site anônimo. Ainda perturbada com toda exposição, deixou de interpretar personagens por conter muitas cenas sensuais, ou até mesmo sexuais. Agora, Jennifer tenta superar esse episódio e por isso aceitou ser a protagonista de Operação Red Sparrow, do diretor Francis Lawrence.

"O filme é muito sexual, algo que sempre me assustou muito. Sempre neguei fazer esse tipo de filme - especialmente depois do que aconteceu com a invasão. Sempre neguei fazer qualquer filme sensual assim. Então, finalmente fazer Operação Red Sparrow foi como recuperar algo que foi arrancado de mim" disse, em entrevista ao site The Hollywood Reporter.

Jennifer ainda complementou que a recuperação é lenta, o processo ainda segue pequenos passos, mas a aceitação de um papel de uma personagem desse calibre é uma maneira que encontrou, dentro do cinema, de mandar uma mensagem de apoio as colegas de trabalho e tantas outras vítimas desse crime.

Operação Red Sparrow conta a história de Dominika Egorova (Jennifer Lawrence), no governo de Vladimir Putin, na luta para sobreviver era pós-soviética como membro da inteligência russa. Ordenada contra sua vontade a se tornar uma Sparrow, ou seja, uma sedudora treinada, ela precisa lidar com o jovem agente da CIA Nathaniel Nash (Joel Edgerton). Os dois acabam desenvolveno uma paixão proibida que ameaça não só suas vidas, mas também a de outras pessoas. O filme estréia em primeiro de março de 2018.

Veja o trailer do filme abaixo:


E você, o que achou de toda essa recuperação iniciada pela atriz? Comente e não deixe de navegar em nossas redes sociais!


Fagner Ferreira

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário