Crítica: O Divórcio - Até Que O Amor Exploda (2017, de Pedro Amorim)


O filme, com direção de Pedro Amorim (Mato sem Cachorro), e estrelado por Camila Morgado e Murilo Benício conta com uma abordagem diferente das demais, O Divórcio é uma "dramédia" (Mistura de Drama + Comédia), e, apesar de vários furos no roteiro e uma história medianamente rasa com alguns estereótipos, o enredo é bem divertido e vale a pena.



















Vou tentar reduzir o número de spoilers, mas, evidentemente um ou outro ainda surgirá. Então, se você for alérgico a eles, assista ao filme antes de ler a crítica a seguir.


A história se passa em torno do casal interiorano Noeli e Júlio; Júlio invade o casamento da filha de grandes fazendeiros do interior, Noeli, e a rouba do altar, desde então, os jovens passam as aventuras e desventuras de um relacionamento imaturo e sem apoio dos pais.

Em time-lapse, observamos as evoluções na vida dos dois até o ponto em que Noeli se torna, juntamente com seu marido, os "reis do molho de tomate do interior".

Situada em Ribeirão Preto, que aliás, é onde eu moro, o casal de novos ricos, esbanjam excentricidades e relatam que nem sempre só de amor um casamento é sustentado.


Após o ápice do sucesso de sua empresa e com seus filhos já maiores, o relacionamento chega em um momento de linearidade e de rotina que nem o dinheiro pode comprar.

Com um sotaque interiorano caricato e forçado, os dois que são acostumados com dramas, não fazem feio nesta comédia romântica.

A fotografia é muito bonita e diferente das que estamos acostumadas a ver neste tipo de gênero e acerta em mostrar cenas que fogem do rio - são paulo -nordeste.

O elenco de apoio ajuda e muito na composição e garante o divertimento certeiro.


A história não vai além da briga dos dois pelo divórcio e as tradicionais picuinhas que acontecem depois de términos, porém, com proporções inimagináveis inspiradas em Sr. E Sra. Smith.

Vale ressaltar, que a trilha sonora é bem interessante e varia desde músicas clássicas sertanejas, desde Evidências à Hits que fazem a cabeça da galera do sertanejo universitário.

O figurino demonstrando cada época ou personalidade dão um charme especial para a trama.


Apesar dos "ERRES" forçados e das risadas icônicas de cada personagem, o saldo é positivo e vale a pena reunir a família descompromissada para assistir ao filme e dar boas risadas.


Título Original: O Divórcio

Direção: Pedro Amorim

Elenco: Murilo Benício, Camila Morgado, Sabrina Sato, Márcia Cabrita, Ângela Dip, Luciana Paes, Paulo Serra, André Matos, Robson Nunes, Thelmo Fernandes, Lu Grimaldi, Antônio Petrin

Sinopse: Noeli é roubada do altar por Júlio. O casal enriquece quando o molho de tomate Juno, criado por eles, torna-se um sucesso. Mas a rotina distancia o casal e eles se separam. Para defender o patrimônio, cada um tenta achar o melhor advogado para si, o que gera um processo de divórcio cheio de confusões.

Trailer:


E Você assistiu ao Filme? O que achou desta produção nacional? Comente, curta e compartilhe :)

@LillyDzura

Criativa, Cinéfila, Curiosa, acredita que os filmes influenciam em sua vida como lições que podem ser aprendidas sem que aquilo tenha acontecido em sua vida. Acha que toda história tem dois lados e que sempre há alguma coisa de bom para ser aprendido no que deu errado.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário